- Por Karina Hollo

Como usar óleo corporal e hidratante

Se você souber combiná-los, eles podem trabalhar pela hidratação da sua pele, combatendo o ressecamento

Quando a temperatura cai — e a umidade do ar também — a pele sofre com ressecamento. Sem falar que a temperatura do banho sobe, o que agrava ainda mais o quadro. E tem o atrito com as roupas…

Mas existe uma dupla de ataque que pode salvar sua pele. “Óleos corporais e hidratantes podem trabalhar juntos”, fala a dermatologista Patricia Nakahodo.

Óleo santo

O óleo de banho ajuda a manter a barreira de proteção da pele e já quebra um galho de hidratação dentro do banho.

“O óleo de banho faz um bloqueio temporário e discreto na evaporação da água corporal. Por isso, quando usado no banho mantém a hidratação. Em peles não muito ressecadas, o óleo ajuda, sim, a manter a hidratação local. Porém, quando a pele é muito seca ou mesmo sensibilizada, melhor complementar com o uso de hidratante após o banho”, fala Patricia.

Hidratante obrigatório

“A solução, para quase todo mundo, é aplicar hidratante logo após cada banho — de preferência de 1 a 3 minutos depois de sair do chuveiro.”

Pra que tanta pressa? Para turbinar a absorção do hidratante. Existem ainda os hidratantes de banho. “A tecnologia desses produtos é diferente da dos hidratantes tradicionais. Eles saem na água ou mesmo na toalha.”