Queda de cabelo masculino: causas, como evitar e mais

A queda de cabelo masculino é um quadro comum, e a boa notícia é que é possível tratá-lo e evitá-lo . Descubra como, aqui!

Compartilhar:

A queda de cabelo masculino pode estar associada à diversas questões, como herança genética ou fatores de saúde. A seguir, tire todas as suas dúvidas sobre o quadro com as dicas do expert e dermatologista Amilton Macedo e não deixe de conferir a nossa curadoria de produtos masculinos!

O que causa queda de cabelo masculino?

De acordo com o expert, o cabelo tem três fases: a anágena, que é onde fica cerca de 82% dos cabelos; a catágena, que fica em torno de 8% dos cabelos; e a fase telógena, que fica em torno de 2% dos cabelos. A queda dos fios está concentrada nessa última fase.

“Se você tem o cabelo grande, podem cair até 100 fios por dia, o que é comum. O problema é quando há a queda, mas não há a reposição desses fios, quando eles não nascem novamente”, explica Dr. Amilton.

Alopecia

Uma das principais causas da queda de cabelo masculino é a alopecia androgenética, que atinge principalmente os homens.

“Existe uma enzina chamada 5-alfarredutase, que transforma a testosterona em di-hidrotestosterona, e quando o paciente tem essa doença genética, você tem o aumento da produção dessa enzima, que acelera a perda de cabelo, e é definitiva”, afirma o dermatologista.

Outro tipo de alopecia comum neste caso é a areata, em que os fios caem e deixam falhas no formato de moeda ou redemoinho.

Eflúvio telógeno

Mais uma causa importante de queda de cabelo é o eflúvio telógeno. Segundo Dr. Amilton, ele pode acontecer após uma cirurgia de grande porte e nos tratamentos de quimioterapia.

“Aqui, há uma passagem dos cabelos da fase anágena para a fase telógena. Com isso, há uma queda abrupta dos cabelos”, comenta.

Imunidade

Fatores imunológicos, como doenças como lúpus e tireoide, anemias causadas pela falta de ferro e deficiência de vitamina D também desencadeiam a queda capilar.

Tratamento para queda de cabelo masculino

Notou uma queda de cabelo acentuada ou o afinamento dos fios? É importante consultar o seu dermatologista ou tricologista para que ele dê o diagnóstico correto e indique os melhores tratamentos para o seu caso.

Dr. Amilton aponta que existem tratamentos cirúrgicos e não-cirúrgicos para a queda capilar, são eles:

  • Uso de cremes e medicamentos
  • Massagens
  • Intradermoterapia
  • Uso de lasers e LED
  • Transplantes capilares

Como evitar a queda de cabelo masculino

Use shampoo e loção antiqueda

O enfraquecimento dos fios pode ser consequência de falta de nutrientes e até de inflamação no couro cabeludo. Shampoos e loções contêm ativos como vitaminas e aminoácidos que combatem fungos, nutrem raízes e encorpam os fios, engrossando o cabelo. Quanto mais cedo você começar a usar um desses produtos, melhores serão os resultados.

Lave o cabelo com frequência

Ao contrário do que se ouve por aí, lavar os cabelos diariamente não provoca queda ou qualquer outra inflamação no couro cabeludo. Por outro lado, deixar o cabelo com acúmulo de oleosidade, suor e poluição contribui para o aumento da caspa e para o enfraquecimento dos bulbos capilares, por isso é importante manter uma rotina de lavagem que mantenha os fios sempre limpos.

Seja gentil

Esfregar o couro cabeludo vigorosamente não é um bom hábito, pois usar muita força ativa as glândulas sebáceas, que passam a produzir mais óleo, deixando o cabelo oleoso antes do tempo. Por isso, aplique o shampoo no cabelo molhado e faça manobras delicadas, massageando levemente a cabeça com a parte mais fofa dos dedos.

Remova os resíduos dos finalizadores

Da mesma forma que a poluição e a oleosidade se acumulam nos bulbos capilares, resíduos dos produtos finalizadores como gel, pomada, pasta e cera modeladora também podem prejudicar os fios e o couro cabeludo. A recomendação é lavar o cabelo logo após o uso desses produtos e usar shampoo antirresíduos uma vez por semana.

Cuide da sua saúde

Maus hábitos alimentares, estresse, tabagismo e o consumo de álcool comprometem o crescimento saudável dos fios. É possível amenizar a queda capilar investindo em uma alimentação rica em nutrientes e caprichando na ingestão de água, principalmente se o seu quadro não estiver associado a questões genéticas.

Assista ao vídeo do dermatologista Amilton Macedo e saiba mais sobre queda capilar:

Queda de cabelo masculino: causas, como evitar e mais

Produtos aliados do tratamento antiqueda

- Por Letícia Leite