Como controlar a oleosidade da pele

A brasileira brilha – às vezes, até demais. Tudo por causa da combinação pele mista/oleosa e clima tropical. Quer secar a oleosidade? Veja os truques.


imagem 1

Limpeza cuidadosa

A limpeza da pele oleosa ou acneica deve ser realizada com sabonetes líquidos, em barra ou gel, que contenham em sua formulação agentes que combatam a oleosidade, como o LHA, e tratada com agentes que estimulem a renovação celular, como ácido salicílico e outros hidroxiácidos, que também lutam contra a formação de cravos. A medida é lavar o rosto duas vezes ao dia.


imagem 2

“Lavagem em excesso pode provocar sensibilização ou mesmo efeito rebote, estimulando a pele a produzir ainda mais gordura”, fala Denise. A loção tônica ou adstringente específica para pele oleosa é recomendada após a limpeza com sabonete para eliminar resquícios de oleosidade, sem ressecar. “O ideal é escolher produtos sem álcool, que seca na hora mas depois acaba aumentando a oleosidade.”


imagem 3

Hidratar é preciso

É importante encontrar o equilíbrio da pele oleosa: alguns tratamentos podem desidratar, e isso não é legal. “O ideal é procurar hidratantes que não obstruam os poros, não contenham óleo (oil-free) e não provoquem cravos (não-comedogênicos). Com esses cuidados evita-se que a pele fique com aspecto oleoso e que a acne piore. Deve-se preferir hidratantes em loção, emulsão ou gel-creme, pois tem textura mais leve”, ensina Denise.


imagem 4

Make de combate

O primer tem a função de reduzir os poros, atenuar as linhas de expressão, uniformizar e matificar a pele. E ele ainda pode diminuir a necessidade de pó ao longo do dia. “Escolha um primer oil free!”, indica Denise. O pó facial pode ser utilizado para finalizar, mas aplique apenas na zona T, para não ficar com um visual envelhecido. “O ideal é o mineral que ajuda a eliminar a oleosidade e faz o acabamento final.”