- Por Gui Takahashi

Cabelo de Madonna

Além de colocar canção após canção no topo das paradas, a maior estrela do pop de todos os tempos lança moda desde os anos 80, sem nunca perder a pose.

Nascida para os palcos

Madonna estreou este mês sua mais nova turnê: “Rebel Heart” – que leva o mesmo nome de seu último disco. A rainha do pop fez a primeira apresentação em Montreal, no Canadá, e vai passar pela Europa, Ásia e Oceania, terminando o circuito de 76 shows só em março de 2016.

O figurino é um espetáculo à parte. Estilistas como Alexander Wang, Fausto Puglisi, Jeremy Scott (da Moschino), Alessandro Michelle (da Gucci), Miucia Prada (da Prada e Miu Miu) desenharam roupas para o palco. E mais de dois milhões de cristais Swarovski foram usados para fazer os looks.

Em sua décima terceira turnê, a cantora é uma das únicas mulheres do pop a continuar se apresentando aos 57 anos de idade. Assim ela prova sua soberania no show business, sem deixar a coroa cair!

 

 

Muito à frente de seu tempo

Rebelde desde sempre, Madonna nunca foi estranha a polêmicas e jamais teve medo de mudar e se reinventar. Uma verdadeira camaleoa, ela já teve o cabelo curto, médio, longo e foi do preto ao loiro platinado.

Logo no começo da carreira, em 1984, época do disco bombástico “Like a Virgen” e do filme “Procura-se Susan Desesperadamente”, a cantora tinha o cabelo descolorido e em comprimento médio. Seu estilo ousado e despojado viralizou, tornando-a um dos grandes ícones de moda da década de 80. “Nessa época ela usava o cabelo ao natural, sem escovar e provavelmente com muito spray. Seu visual tinha reflexos e luzes em loiro dourado, com a raiz escura.

Com certeza não foi esse o look desejado. Provavelmente ela tinha tingido, os fios começaram a crescer e ela gostou do resultado! Madonna sempre foi muito além do seu tempo“, analisa o hair stylist Celso Kamura.

Cachos femininos

Já no final dos anos 90, com a carreira consolidada por mais de uma década de sucessos no topo das paradas, seu visual havia mudado bastante. Ao lançar o sétimo disco, “Ray of Light”, Madonna apareceu na capa com o cabelo cacheado.

A cabeleireira Daniela Rocha desvenda o look: “Podemos dizer que a cor base era um ruivo com luzes em tons dourados. Já o corte tinha base arredondada, com pouquíssimas camadas. Os cachos, feitos com babyliss pequeno, dão equilíbrio ao rosto de Madonna sem evidenciar o queixo proeminente”.

A dica da expert para finalizar esse penteado que continua atual é usar o produto certo. “Para quem cacheou com o babyliss, os melhores finalizadores são óleos e pomadas bem leves, que dão brilho e pouca fixação. Já para os cabelos com cachos naturais, pode-se apostar em leave-in ou cremes modeladores.”

Sem medo de mudar

Logo em seguida, para promover os singles “Frozen”, “The Power of Good-Bye” e “Nothing Really Matters”, Madonna se arriscou e ficou morena! E continuou reinando com os fios escuros. Inspirada pela cultura asiática, ela preferiu usar o cabelo liso e apostou em um corte reto.

“A cor usada por ela nessa época era um castanho chocolate monocromático. O tom contrasta com a pele e os olhos da cantora, dando destaque ao rosto. O corte era bem básico, com uma proposta minimalista. Ele possuía apenas uma gradação, uma camada bem leve, que começava abaixo do queixo. Na hora do penteado foi feito só uma escova simples e finalizada com spray de brilho. Esse tipo de produto é bom para quem tem fios que foram desgastados pela coloração ou química em geral, já que precisam de um brilho extra”, fala o cabeleireiro Julio Crepaldi.

Revival moderno

em 2005, Madonna voltou ao loiro com força total. “Nesse cabelo havia coloração e luzes em três tons de loiros diferentes: um claríssimo dourado, um platinado e outro cobre claro”, explica Julio. Os fios da popstar eram longos e com um corte que garantia movimento.

Segundo Crepaldi, a tesoura foi usada para criar camadas suaves nas pontas, o que valoriza o peso do cabelo nas extremidades e chama atenção para a moldura da franja. Como o disco recém-lançado, “Confessions on a Dance Floor” tinha uma pegada disco e anos 70, a beleza seguiu o ritmo.

“Esse estilo usado por Madonna poderia ser uma versão mais natural e moderna do cabelo de Farrah Fawcett. O styling ficou por conta da escova, feita puxando a franja para trás e levantando a raiz. Para finalizar, um texturizador para dar corpo e uma pomada para definir mechas e dar um ar casual.”

Rainha mais coroada

Com 20 prêmios MTV Video Music Awards e 31 Billboard Music Awards no currículo, Madonna construiu seu palácio na música pop. Na edição do ano passado do Grammy Awards, a cantora celebrou o casamento de 34 casais cantando um de seus maiores sucessos “Open Your Heart”.

Para a ocasião seu cabelo estava claro e ondulado. “Era um tom loiro muito claro, com mechas bem fininhas. O corte médio tinha a frente levemente repicada. Já o penteado foi feito escovando e já modelando os fios com a própria escova ou com o babyliss”, fala Kamura.