Como cuidar da pele masculina oleosa

Sebo em excesso tem jeito: acompanhamento dermatológico e uma rotina de cuidados. Clique para descobrir como cuidar da pele masculina oleosa

Compartilhar:

Questão habitual para a pele brasileira, a oleosidade excessiva do rosto é algo extremamente comum entre os homens. Isso acontece porque a produção de sebo  é duas vezes maior do que na feminina, e a testosterona coloca as glândulas para trabalhar ainda mais. Mas contornar esse incômodo é fácil e descomplicado: vem ver como cuidar da pele masculina oleosa!

Rotina de skincare para pele masculina oleosa

Limpeza do jeito certo

Aqui vai uma regra de ouro do skincare: lavar o rosto várias vezes pode aumentar ainda mais a produção de sebo na pele masculina oleosa. E aí mora o efeito rebote, problema causado pelo excesso de limpeza e que provoca o resultado contrário: ressecamento. 

A fim de compensar a secura, as glândulas sebáceas produzem ainda mais óleo para reidratar a pele, aumentando não apenas o brilho, como também cravos e espinhas. Por isso, o ideal é lavar duas vezes por dia, de manhã e à noite, usando sabonete facial — não pode ser o mesmo do corpo — específico para pele oleosa.

A vez do esfoliante

Esfoliar a pele é para todos! Os produtos esfoliantes possuem micropartículas que limpam a pele a fundo, retirando a sujeira, a oleosidade e as células mortas da camada superficial – processo essencial para a boa renovação cutânea. 

Mas fique atento: este passo deve ser feito apenas uma ou duas vezes por semana, a fim de evitar abrasões ou o efeito rebote.

Hidratar é preciso

Em seguida à limpeza, é a vez do hidratante. A hidratação é especialmente importante para as peles oleosas, porque ela é a responsável por não deixar as glândulas sebáceas compensarem o ressecamento com ainda mais sebo. Para a pele masculina, opte pelos hidratantes em loção ou gel, menos gordurosos do que os cremes, e que secam ainda mais rápido.

A escolha do filtro solar

O filtro solar diário é essencial para se proteger de manchas, rugas precoces e câncer de pele. Para as peles oleosas, opte por um protetor solar com textura seca, em forma de creme leve ou loção – e dê preferência para os oil free.

Mas é importante prestar atenção na escolha do produto: se você é do time que ainda passa o mesmo filtro do corpo, opte por investir em um protetor solar facial. Ele, além de evitar a sensação de pele pegajosa, pode conter substâncias que ajudam a diminuir a oleosidade e a tratar a pele.

Busque por estes ativos

Existem alguns ativos-chave quando o assunto é oleosidade e outros que podem ser evitados, para a boa saúde. O ácido glicólico, a niacinamida e o ácido salicílico, são todos hiperefetivos para peles com tendência a poros mais expostos, cravos, inflamação e acne. Mas se você tiver a mistura de pele oleosa e tendência à sensibilidade, intercale o uso destes compostos, para evitar irritações.

Outras substâncias, especialmente as extremamente hidratantes e detentoras de água, como a ureia e o pantenol, devem ser evitadas, já que elas podem obstruir ainda mais os poros com maior produção de sebo.

Alguns cuidados a mais:

Agora que você aprendeu o básico, que tal inserir alguns cuidados para dar um upgrade na sua rotina de skincare?

  • Cuidado com o banho quente: a água nas altas temperaturas também pode ser uma vilã para a pele e o efeito rebote, por isso muito cuidado com a regulagem do banho! Prefira água sempre na temperatura ambiente ou morna;
  • Não esprema espinhas: a causa nº1 de puxões de orelha nos consultórios de dermatologistas, é extremamente prejudicial para o pós-acne. A ação pode, além de inflamar ainda mais a acne, por causa da presença de bactérias, deixar manchas e cicatrizes;
  • Vitamina C: é um ativo muito interessante na uniformização do tom natural da pele. Além de antioxidante, ela age inibindo a enzima responsável por manchar a superfície cutânea; 
  • Observe bem a sua pele: pelas altas temperaturas, a pele brasileira tem ainda maior tendência à oleosidade. Por isso, observe: toda pele possui uma oleosidade natural e não significa que, porque ela está brilhosa, que está suja, combinado? 

 

- Por Isabelle Guedes