Cabelos: 4 problemas e soluções

Caspa? Frizz? Falta de volume? Não fique de cabeça quente porque nós indicamos o tratamento certo para cada um deles!

Fios brilhantes e cachos bem desenhados nascem de uma boa lavagem com o shampoo para você + tratamento certo + leave-in sob medida. Indicamos o caminho para ter cabelos lindos e saudáveis, seja lá qual for o seu problema capilar.

Frizz

Os cabelos crespos são tipicamente secos. Vale procurar por shampoos suaves que combinem limpeza e hidratação. Além disso, uma vez que a oleosidade natural do couro cabeludo não chegam até as pontas, os cachos precisam de precisam de hidratação extra. Finalmente, o cabelo crespo é poroso, absorve a umidade do ar e incha.

Por isso, silicone no leave-in ajuda a combater o efeito arrepio. Eles formam um filme que suaviza a cutícula, como um selante. “O cabelo fica com frizz por falta de hidratação, por agressão química ou agressão natural do sol”, fala o cabeleireiro Charles Veyiga.

“Para resolver, use shampoo e condicionador hidratante e leave-in diariamente, máscara de hidratação intensa semanal e óleos finalizadores após secar para definir e alinhar os fios”, ensina ele. 

Falta de volume

O cabelo limpo parece mais grosso quando você usa shampoo com proteínas de seda, trigo ou soja. O shampoo precisa remover a oleosidade que pode grudar os fios na cabeça. “Escolha shampoo e condicionador diários para volume, que vão limpar e encorpar os fios”, diz Charles.

“Sempre lave bem o couro cabeludo, usando o condicionador apenas do meio para as pontas e, antes de secar, aplique um modelador para volume.”

Se o cabelo for cacheado, você vai precisar de hidratação leve. Um truque: seque levantando a raiz. Shampoo seco pode ser um BFF: ele absorve a oleosidade e ainda funciona como um volumador.

Cabelo danificado

Seja gentil. Nada de esfregar os fios no chuveiro, escovar os cabelos úmidos ou exagerar na secagem com a toalha. Os pré-shampoos e os condicionadores que repõe lipídeos são necessários. Se tem pontas duplas, considere um corte. Cabelos danificados precisam de reconstrução intensa, que deve ser feita em duas fases.

A primeira no salão, com máscaras à base de queratina, aminoácidos e proteínas, que precisam ser aplicadas mecha a mecha, de forma bem concentrada, geralmente ativadas pelo calor”, diz Charles. 

“A manutenção, em casa, é feita com  shampoo, condicionador, e máscara de hidratação com emoliência intensa e leave-in com lipídios e protetor térmico para evitar mais ressecamento com o calor do secador e do sol, naturalmente.”

Ao contrário do cabelo saudável, o cabelo danificado tem carga negativa – e você pode usar isso em seu favor. Os condicionadores e máscaras serão atraídos pelos fios como ímãs, proporcionando hidratação extra onde seu cabelo precisa mais.

Nesse período de recuperação, considere lavar menos. Cada vez que você lava o cabelo, ele incha com água e depois se contrai enquanto seca. Esse processo afrouxa a cutícula protetora, o que torna mais propenso a quebra.

Caspa

Casos suaves a moderados de caspa podem ser tratados com shampoos de propriedades antifúngicas e antibacterianas. Se não resolver a questão, procure um dermatologista para receita mais forte.

Como o fungo que causa a caspa pode recolonizar o couro cabeludo rapidamente, lave diariamente nessa fase.

Massageie o produto e deixe-o por alguns minutos. Evite finalizadores durante as primeiras semanas de tratamento, uma vez que podem deixar resíduos no couro cabeludo.

Mas vale usar condicionador leve. E também esfoliar de quando em quando. Uma vez por semana é suficiente.

“Caspa ou qualquer descamação no couro cabeludo pode ser excesso de resíduos de produtos, oleosidade excessiva ou uma dermatite. Por isso, a primeira coisa a ser feita é procurar um dermatologista para examinar e descobrir se é um problema que deve ser tratado com medicamentos, ou se é um problema externo que possa ser tratado por produtos de uso tópico”, aconselha o cabeleireiro.

 Depois de descoberto o problema, e for externo, deve usar shampoo de limpeza profunda e ampolas calmantes do couro cabeludo e também argilas ou esfoliantes.

 

- Por Karina Hollo