Tipos de texturas de cremes para a pele

Você tem dúvida na hora de escolher entre os vários tipos de texturas de cremes para a sua pele? Keep calm, Thais Pepe te ajuda a escolher a melhor!

 

Hoje em dia há vários tipos de textura de cremes para a pele no mercado. Há os géis, loções, mousses, espumas… Mas, afinal, como escolher o ideal para o seu tipo de pele? Para ajudá-la a ir certa na escolha dos seus cosméticos, conversamos com a dermatologista e expert, Thais Pepe, que revelou quais são os tipos de texturas de cremes ideal para a sua pele.

Ativos x veículos

Antes de explicarmos sobre a diferença entre os tipos de texturas, é preciso entender como são escolhidos os ativos para a pele. “Quando prescrevermos os cosméticos temos que levar em consideração os ativos que são o tratamento específico pra queixa do paciente e necessidade. Depois, precisamos pensar no veículo que vai levar esses ativos”, revela Thais. E é de acordo com o tipo de pele do paciente que se escolhe o veículo adequado, que pode ser gel, cremes loções ou até espumas.

Tipos de texturas para a sua pele

Cremes densos: Thais revela que eles são indicados para hidratantes corporais, para peles ressecadas e maduras.

Gel: indicado para peles acneicas e oleosas. “O ideal é que não tenham nada que obstrua os poros e faça uma barreira cutânea que possa desencadear a acne ou aumentar a oleosidade”, diz.

Mousse: “normalmente ele tem pouco álcool e é indicado para regiões com pele e cabelo, embora possa ser feito na textura de creme para produtos para o corpo ou rosto”, revela.

Espuma: aqui é a mesma coisa do mousse, mas, normalmente, são usados por peles mais oleosas, ressecadas ou mistas. “Nesse tipo de veículo podemos incluir qualquer ativo”, indica.

- Por Aline Marchiori