Qual a frequência ideal para esfoliar a pele do rosto?

Esfoliar a pele é uma tentação. Mas, segure-se: exagerar pode ser perigoso para a sua beleza

Os grãozinhos parecem deixar seu rosto limpo, mais leve, livre de toda a sujeira e oleosidade. Mas os especialistas alertam: o excesso de esfoliação é um erro. De nada adianta esfregar manchas ou asperezas. Sua pele fica irritada e o problema pode até piorar. “Explicar para as pacientes que elas estão esfoliando demais é um dos meus grandes desafios”, fala a dermato Patricia Nakahodo.

Três é demais

O máximo que você deveria esfoliar seu rosto é três vezes por semana. Esfoliar demais cria rachaduras na barreira da pele que levam a mais perda de hidratação e inflamação. “Você pode estimular as glândulas sebáceas piorando quadros de acne e dermatite seborreica, bem como aumentar a renovação celular, fazendo com que a superfície da pele fique mais espessa caso não seja esfoliada”, alerta Patricia.

Em outras palavras, você acha que está fazendo bem, mas está piorando o problema. “A frequência depende do tipo de pele e do esfoliante usado, bem como se há uso de algum ácido na rotina de cuidados. Em geral, peles espessas e oleosas podem ser esfoliadas com produtos faciais próprios, sempre com a pele úmida, diariamente. Mas peles mistas, recomendo usar o esfoliante duas vezes por semana. Já peles secas e sensíveis, a cada 15 dias e sempre com cautela.”

Qual o melhor esfoliante para áreas delicadas?

Produtos com micropartículas delicadas, específicos para a face.
Eles são leves e dissolvem suavemente as células da pele morta sem irritação, o que as torna ótimas para as áreas finas ao redor da boca e dos olhos.

Use ácido no lugar da esfoliação diária

Enquanto você não pode esfoliar todos os dias, você pode usar um limpador à base de ácido salicílico. O ácido salicílico, por exemplo, é excelente na remoção do óleo de entupimento dos poros e não traumatiza a pele como um esfoliante físico. Um esfoliante com alfa hidroxiácidos pode remover células mortas da pele e ajudar a estimular a produção de colágeno para suavizar as linhas finas. Procure um com ácido glicólico, láctico, cítrico, málico ou tartárico na lista de ingredientes. “Mas o ideal é não associar o uso sem orientação dermatológica. Assim evita-se dermatites irritativas e mesmo queimaduras químicas”, alerta a médica.

Invista em uma escova de limpeza

Uma escova de limpeza sônica também é um bom coadjuvante para eliminar a pele morta. “Mas também cuidado com o tipo de cerdas e a força aplicada contra a pele”, finzaliza.

 

Grãos poderosos
Seleção de cremes esfoliantes para uma pele dos sonhos

https://www.belezanaweb.com.br/clinique-clarifying-lotion-4-locao-esfoliante-facial-200ml/

https://www.belezanaweb.com.br/shiseido-waso-soft-cushy-polisher-esfoliante-facial-75ml/

https://www.belezanaweb.com.br/clinique-anti-blemish-solutions-deep-cleansing-brush-escova-facial/

https://www.belezanaweb.com.br/the-body-shop-tea-tree-3-in-1-creme-multifuncional-125ml/

 

- Por Karina Hollo