- Por Larissa Serpa

O que fazer quando você não gosta do cabelo novo

A cor não ornou ou o corte ficou hor-rí-vel? Temos a solução para você se apaixonar de novo pela sua cabeleira.

Tudo está perfeito. A lua está na fase certa, sua determinação está lá em cima, é isso: hora de mudar o cabelo.

Mas assim que o cabeleireiro traz o espelho para você ver o resultado final: socorro! Pode parecer enredo de filme de terror, mas o descontentamento é mais comum do que você imagina.

Para não sofrer com o desfecho, preparamos um guia sobre o que fazer nesses casos.

Pintei e não curti a cor

“Para começo de conversa, a cor tem que fazer você se sentir bem. É como provar uma roupa e não gostar: tem que tirar o quanto antes!”, fala Eron.

E isso significa em menos de um dia! “A coloração está em absorção nas primeiras 24 horas. Portanto, quanto menos tempo ela permanecer nos fios, menos pigmentado seu cabelo ficará.”

Peça a seu cabeleireiro que mude, lavando com shampoo anti-resíduos e aplicando máscara de proteína, para que a fibra não sofra com a química em excesso. Só então parta para o novo tom.

Ficou curto demais, e agora?

O jeito é esperar – e turbinar o crescimento dos fios.

Como? Invista em esfoliantes para o couro cabeludo, que vão desentupir o bulbo e fazer com que os fios cresçam mais facilmente.

Também procure por máscaras de fortalecimento, que deixam suas pontas resistentes, evitando a quebra e consequentemente, a impressão de que seu cabelo não cresce jamais.

Repiquei e meu volume su-miu

Isso acontece com as mulheres de cabelos muito finos.

Na tentativa de um look femme fatale, todo repicado, o resultado sai pela culatra e acaba com todo o encorpado natural dos fios.

“Para driblar o problema, use sempre texturizador para dar volume na raiz”, indica Eron. “Outro truque – mais radical – é investir na técnica do recheio. Mechas de cabelo naturais aplicadas artificialmente para dar movimento.”

Cortei franja e me arrependi

Quem nunca? Além de investir nas técnicas acima para fazer as madeixas crescerem mais rápido, tente disfarçar.

“O jeito é procurar misturá-la ao resto do cabelo com um corte repicado na diagonal, que alonga e esconde o comprimento da franja“, avisa o expert. Aí é só usar os fios divididos no meio e não retos na testa.