- Por Gui Takanashi

Cabelos tingidos: como fazer a cor durar

Sair do salão como os fios no tom sonhado é uma delícia. Mas, em alguns dias, a coloração começa a ir embora... Descubra o que está desbotando seu look.

Pintar o cabelo faz parte da rotina de muitas brasileiras – já somos o terceiro maior mercado de produtos de beleza capilar do mundo (segundo a ABIHPEC – Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) e as tinturas foram o terceiro produto com maior crescimento em vendas no país.

Por isso, não se sinta sozinha no drama do desbotamento. Encontramos os culpados pela perda da cor.

 

Resíduos

A preparação antes da coloração é importante. Se você usa muitos produtos finalizadores, eles podem se acumular sobre os fios e impedir a absorção dos pigmentos.

Para Julián Macias, a solução é usar um shampoo de limpeza profunda, um dia antes de colorir. “Isso faz a tinta ser mais bem recebida pela fibra capilar.”

Shampoo e Condicionador inadequados

Se antes de colorir você preparou o cabelo com um shampoo de limpeza profunda, ele não deve ser usado depois de pintar.

“Esse produto é desenvolvido para lavar com profundidade e acaba removendo também os pigmentos de cor. Ao usá-lo, a duração da sua tintura será muito curta.

Ao invés disso, o ideal são shampoo e condicionador específicos para cabelos coloridos.”

Ressecamento

O uso de produtos hidratantes também é essencial. “Fios hidratados e fortes retêm melhor a cor do que um cabelo seco.”

E só usar máscara pode não dar conta do recado.

“O mais importante é você apostar em um sistema de 4 passos que consiste em: lavar, tratar, condicionar e pentear. E sem misturar marcas ou linhas, para não comprometer o resultado. Usando apenas um produto você terá só 25% da hidratação necessária.”

Calor

Ferramentas térmicas como a prancha, o babyliss ou o secador quente prejudicam a saúde das fibras capilares. Como consequência de suas altas temperaturas, também afetam profundamente a cor, degradando-a.

“Para que o cabelo não sofra danos, é imprescindível o uso de protetores térmicos.

Eles mantêm os fios seguros desde o córtex (estrutura interna) até a cutícula superficial, mantendo assim os pigmentos”, diz Julián.

Sol

Os raios ultravioleta também são vilões do desbotamento. Além disso, a radiação solar pode fazer com que o cabelo perca o brilho e a vitalidade.

Como moramos em um país tropical, a salvação é aplicar protetores solares específicos para proteger as madeixas.

Eles podem ser na forma de spray, leave-in ou óleos.

Água Salgada ou Clorada

Maciás explica que: “Água do mar e da piscina provocam a perda da cor. Isso sem falar que o cloro pode manchar o cabelo. Para protegê-lo, basta aplicar um sérum antes de mergulhar”.

Outra dica para curtir o verão numa boa é molhar o cabelo com água mineral antes de entrar na piscina ou no mar. Isso porque os fios vão absorver a água limpa em vez da com cloro ou sal.

Água quente

“A água quente na hora do banho faz com que as escamas dos fios se abram e assim, percam a cor, desidratem, fiquem opacos e até quebradiços.

Uma temperatura morna ou fria é mais saudável para o cabelo e para a pele”, garante o cabeleireiro.