Guia para cuidar da pele no fim do inverno

Veja como lidar com a pele no frio, sem deixar o banho quente de lado.

O inverno já está para acabar. Mas é justamente agora que a gente sente o efeito acumulado de tantos dias de frio e ar seco. Nossa pele reflete um mecanismo biológico ancestral disparado pelo frio. O corpo se prepara para um inverno rigoroso e o ressecamento é a principal ameaça à pele no inverno.

“O frio, o clima seco, o ar-condicionado e a necessidade de tomar banhos mais quentes e longos diminuem a lubrificação natural da pele!”, alerta a dermatologista Ligia Kogos.

Rachaduras por toda parte

Pálpebras, mãos, pés, face, pernas, braços, narinas e lábios podem se tornar ásperos, secos e grossos. Podem ainda apresentar rachaduras, descamação e ardor. “A necessidade de renovação celular mais rápida leva à descamação que pode ainda ocasionar coceira (que pode ser confundida com alergia a alimentos, medicamentos e roupas)”, diz Ligia. Ah! O ato de coçar agrava o problema, com o risco de vermelhidão e mais irritação.

Mas todo esse transtorno pode ser evitado com alguns cuidados simples e rápidos — e sem precisar sacrificar o banho quente.

Banho adaptado

Use sabonetes suaves e umectantes. Evite esfregar com bucha as áreas mais sensíveis. É muito recomendável a hidratação pós-banho. Use hidratantes encorpados que contenham ativos de alta performance como ureia, dimethicones, germe de trigo, macadâmia, óleo de avelã, óleo de uva, manteigas, alantoína, pantenol, cermidas.

Rosto em foco

O rosto merece atenção especial. Hidrate-o após a limpeza de manhã e à noite com hidratantes que contenham dimethicone, ativo que impede a perda de água para o ambiente. “Tenha em mente o seu tipo de pele”, alerta Ligia.

As peles normais e secas sofrem mais com o ressecamento e requerem cuidados especiais, como cremes de limpeza suaves e cremes nutritivos. “Já as pessoas com pele oleosa devem focar em uma boa limpeza com loção adstringente e, em seguida, aplicar hidratantes suaves.”

Filtro solar sempre

As temperaturas mais baixas podem dar a ilusão de que os raios UV não queimam a sua pele. “Mas eles continuam queimando e causando danos cumulativos”, avisa ela. A exposição solar sem proteção pode também agravar doenças e prejudicar o aspecto estético da pele, deixando-a avermelhada e sem vida.

“O uso do filtro é imprescindível para evitar alergias solares e males como o câncer de pele, especialmente o melanoma, que afeta pessoas de todas as idades e é extremamente perigoso se não detectado a tempo”, fala Ligia. O filtro previne ainda o fotoenvelhecimento, culpado por boa parte das rugas, manchas e perda da elasticidade.

(infográfico)

Ressaca de inverno

Conheça nossas indicações para combater o efeito do frio na sua pele

1) Kit Leite de Coco Korres (https://www.belezanaweb.com.br/kit-korres-leite-de-coco-coconut-dream-2-produtos/)

2) Adstringente Lígia Kogos (https://www.belezanaweb.com.br/ligia-kogos-pele-oleosamista-adstringente-facial-200ml/)

3) Hidratante Facial Clinique (https://www.belezanaweb.com.br/clinique-dramatically-different-moisturizing-gel-hidratante-facial-125ml/)

- Por Karina Hollo