Como manter a pele do rosto hidratada

Se manter a pele do rosto hidratada no frio é difícil, com a máscara isso ficou pior, certo? Errado! Carla Vidal revela como ficar hidratada e protegida!

Manter a pele do rosto hidratada é um dilema para você? E esse dilema ficou pior com o uso da máscara? Fique calma, saiba que é possível manter a pele do rosto hidratada e bem cuidada mesmo se protegendo contra o Covid-19.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a máscara protege bem mais do que faz mal para a pele. Quer ver só? A dermatologista e expert, Carla Vidal, revela como manter a pele do rosto hidratada no frio tomando todos os cuidados necessários!

Vilão da pele

É muito comum a pele ressecar no frio, segundo Carla, não é só a pele do rosto que fica assim, a do corpo também. “Isso acontece porque as glândulas sebáceas e sudoríparas produzem menos secreção no inverno. Nessa época, não transpiramos muito, então as glândulas produzem menos secreção”, explica. Aliado a isso, tem o vento frio no rosto, que resseca ainda mais a pele.

 

Hidratação redobrada

Para virar o jogo, o ideal é manter a pele hidratada ao máximo. E ao contrário do que muitos pensam, até a pele oleosa precisa de hidratação. “Óleo é uma coisa, hidratação é outra, são coisas distintas. Opte por veículos adequados para a hidratação de pele oleosa, como os oil free, por exemplo”, indica a expert.

No inverno, não só é essencial manter a pele hidratada com ativos umectantes, como também protegida contra o sol. “Os raios violetas continuam, então procure cremes com antioxidante e proteção solar”, lembra Carla.

Continue de máscara!

Além de nos proteger contra o Covid-19, a máscara também protege os lábios contra o ressecamento. “Mas não é por isso que você deve deixar de hidratá-lo várias vezes ao dia”, alerta a expert.

O uso da máscara realmente deixa o local mais abafado, proliferando mais bactérias na pele, podendo causar acne. “Mas essa acne pode ser resolvida equilibrando a pele com o uso de ácido, hidratação e sabonete antisséptico”, conta.

Escolha o seu

A escolha do hidratante depende muito do seu tipo de pele. Confira as indicações abaixo.

Pele oleosa: procure veículos como gel, loção oil free, sérum, etc. É legal que eles sejam associados a um bom antioxidante, antipoluição com FPS no dia, e sem FPS a noite. Cremes com ácido hialurônico, alantoína e aloe vera, são ótimas pedidas.

Pele seca: opte por veículos cremosos, como aquaporine, resveratrol, manteiga de Apfil, Phytopomada, etc.

“O ideal é procurar o seu dermatologista para escolher o produto adequado para a sua pele. Nosso objetivo no inverno é deixá-la nem seca, nem oleosa, mas normal”, revela Carla.

Tenha bons hábitos

Os cremes não fazem todo o trabalho, é necessário ingerir muita água para manter a hidratação em dia. “Beba, pelo menos, dois litros por dia, para manter o equilíbrio hidroeletrolítico. Além disso, evite banhos muito quentes e demorados, e sabonete somente nas regiões do colo, costas, axila, genitais e nos pés”, explica.

Caso a pele esteja tão ressecada a ponto de descamar, fique atenta a temperatura da água do seu banho, ela pode prejudicar e causar até mesmo outras patologias, como dermatite atópica, psoríase, dermatite seborreica, etc.

- Por Aline Marchiori