Como cobrir espinhas com maquiagem

Cabelo perfeito, make de impacto, look de celeb. Seu sonho está prestes a se realizar! E nós ainda ensinamos a copiar o look.

Você conta qual é o seu estilo e a editora de imagem Maina Falavigna, durante anos responsável pelas capas da revista Nova, indica o melhor corte de cabelo, a cor que vai valorizar seu rosto, a make que vai deixar você linda e o look para arrasar.

E não tem perigo de esquecer: vai ficar tudo registrado em uma sessão de fotos, no comando do fotógrafo Gustavo Arrais, para guardar para sempre!
Foi exatamente o que aconteceu com Natália Schuster Ott, cuja transformação – que envolveu disfarçar as espinhas com make – você vai acompanhar aqui.

Pele limpa

“Como a pele da Natália é oleosa e tinha espinhas no dia da foto, comecei usando demaquilante para limpar bem e servir como adstringente”, conta o beauty artist Kiko de Lima, responsável pelo cabelo e pela make.

Depois, borrifei um pouco de água termal e deixei agindo para hidratar e acalmar a vermelhidão”, fala Kiko.

O primer certo

No caso de pele oleosa, é bom não errar na escolha do primer. “Evite as opções que são feitas para dar luminosidade. Procure os mais sequinhos, para matizar o rosto”, indica o beauty artist.

O segredo de cobertura

Para conseguir cobrir as espinhas sem deixar a maquiagem pesada e chapada, Kiko dá o truque: “Usei uma base HD no tom da pele dela e, com o pincel de fibra ótica, fui depositando o produto aos poucos.

Passei uma camada, dei um tempinho para secar, passei outra camada em seguida, e segui assim até cobrir”. Cuidado para não esfregar o pincel e arrastar a base! É de leve, dando batidinhas.

Blush time

Faça um biquinho e passe o blush na altura do osso que ficar evidente, acima das bochechas.

“Prefiro usar blush cremoso, ou corretivo uns 4 tons acima do tom da pele, sinto que pesa menos na make”, conta ele.

Bem de leve, o iluminador deve ser aplicado em pontos estratégicos: do canto externo do olho em direção às bochechas e na ponta do nariz, para afinar sem precisar escurecer as laterais com blush.

Olho tudo

Kiko escolheu um olho mais poderoso para a make: “Por ela ter olhos bem claros, comecei o esfumado com fundo em sombra marrom até quase a pálpebra, para dar profundidade, sem pesar.

Usei sombra preta na raiz dos cílios e puxei até a altura da pálpebra móvel, para abrir o olhar”. Para dar mais vida ainda, esfumado embaixo também! Mas com sombra marrom, para não deixar a make pesada demais.

Hora de colar os cílios postiços. “Quem já tem cílios grandes não precisa usar curvex, senão dá aquela aparência de olho arregalado”, alerta Kiko.

Se você já tem um pouco mais de prática, acerte os cílios para que se adaptem aos seus originais. E aplique bastante máscara. “Umas 3 camadas. Pode passar nos inferiores também”, incentiva o expert.

Sobrancelha de diva

Kiko preencheu os arcos acompanhando a cor do cabelo – e deve ser assim sempre, para não contrastar. Com o pincel chanfrado e sombra, sem carregar, acerte o desenho e cubra levemente os pelos.

“Depois, tire o excesso com aquela escovinha de sobrancelha, até ficar bem natural”, ensina o expert.

Boca nada

A escolha foi a tendência: nude. Kiko cobriu a boca com o pincel sujo de base, para não ter interferência na cor do batom; hidratou com um lip balm e depois arrasou no nude bem claro.

Vamos combinar: Natália ficou outra pessoa ou não? Aqui na redação todo mundo que viu, gritou! E queria entrar na fila.

E você, o que achou? Conta pra gente!