6 benefícios do óleo corporal

Os benefícios do óleo corporal vão te ajudar a afastar o ressecamento durante os dias frios. É um produto poderoso e prático de usar.

A pele sofre diariamente, seja por causa do ar seco, dos raios solares, do atrito com os tecidos mais pesados ou até mesmo com a água quente do banho. Todos esses fatores presentes na sua rotina removem uma camada natural de proteção, o chamado manto lipídico.

Como durante o inverno eles se agravam e se intensificam, o corpo fica mais exposto ao ressecamento, podendo chegar àquela sensação chata de desconforto, repuxamento ou até irritação. Isso sem falar que o visual vai à derrota: aparência opaca, sem viço, descamando ou com rachaduras! Justamente para nada disso acontecer é que entram os óleos corporais. “Esses produtos auxiliam na hidratação por recomporem o manto lipídico da nossa pele”, diz a dermatologista Claudia Magalhães.

Ele deixa a pele macia

Para a médica, os melhores óleos corporais são os de origem vegetal, que podem vir de amêndoas doces, sementes de uva, macadâmia, rosa mosqueta, ou sementes de girassol, por exemplo. “Eles são mais leves, proporcionando uma sensação mais confortável e menos gordurosa”, garante. Em tempo: não é todo óleo que pode ser usado como hidratante.

Alguns deles podem enganar, dando um aspecto melhor à pele, mas apenas de forma superficial e com efeitos colaterais indesejados. “Derivado do petróleo, sem cor e nem cheiro, o óleo mineral pode causar danos.

Ele é capaz de obstruir poros e gerar cravos e espinhas. Além disso, ele pode agravar o ressecamento, já que repele água, tapa glândulas de suor e impede a absorção de ativos hidratantes”, fala a médica. Cláudia também lembra os riscos ambientais do uso de óleos minerais, uma vez que poluem o meio ambiente por não serem biodegradáveis.

Ele rejuvenesce

Segundo Magalhães, os óleos corporais hidratantes são ricos em vitaminas. “Como exemplo temos: o óleo de semente de uva, muito rico em vitamina E; o de maracujá, que tem as vitaminas A e C; o óleo de abacate, com vitaminas D e E; dentre outros vários”. Os benefícios desse abecedário todo são os mais diversos – vão desde o poder antioxidante até o auxílio na formação do colágeno, combatendo o envelhecimento. Pele jovem na certa!

Ele é prático

O melhor é que se você adora soluções práticas e rápidas, com certeza vai curtir os óleos corporais. Nem precisa sair do box para usá-lo! A expert ensina: “Aplique o produto ao final de cada banho, em toda a pele do corpo, de maneira uniforme. Não se preocupe, não precisa de nenhum tipo de movimento especial na hora de espalhar. Logo em seguida, é só tomar uma ducha rápida para remover o excesso. Durante o inverno, a recomendação é usar o óleo todos os dias”. Superfácil.

Ele é para todas

Se você tem a pele do corpo oleosa e por isso sempre fugiu dos óleos de banho, saiba que o uso está liberado. “Os bons óleos vegetais não são comedogênicos, ou seja, não desencadeiam cravos e espinhas na pele”, diz a médica. No entanto, para não sentir desconforto pelo excesso de oleosidade, vale a pena evitar algumas regiões. “As costas, o tórax ou o colo possuem uma tendência natural a serem mais oleosos, vale a pena pular essas áreas”, aconselha.

Ele turbina a hidratação

Por mais que os óleos corporais recuperem o manto protetor da pele, eles não possuem o poder de devolver a água perdida. Por isso é que Cláudia diz que eles não dispensam o uso de cremes ou loções. “O ideal é manter o uso de hidratantes pelo menos uma vez ao dia. Como o corpo perde água constantemente, é importante caprichar no uso desses produtos”, explica.