Principais causas dos poros dilatados

Se os poros dilatados tiram o seu sono, chega mais, o dermatologista, Amilton Macedo, revela as principais causas e como evitar!

Quer entender o que são os poros dilatados? O dermatologista e expert, Amilton Macedo, revela que os poros são os orifícios de saída da secreção produzida pelas glândulas sebáceas necessárias para lubrificar a pele, evitando que ela fique ressecada. Porém, quando essa produção acontece em excesso, a pele sente a necessidade de drenar a secreção, dilatando os poros.

Se isso acontece com você e os poros dilatados a incomodam, muita calma. O dermatologista revela aqui como prevenir e cuidar deles.

Principais causas

Segundo Amilton, as peles oleosas têm mais tendência a ter polos dilatados por conta da produção de sebo. “Eles são mais comuns na zona T, que é testa nariz e queixo”, conta.

Há vários fatores que influenciam na dilatação dos poros, o envelhecimento é uma causa, pois a pele perde elasticidade, além da condição genética, que faz com que algumas pessoas tenham esses poros mais abertos. “O uso de antibióticos esteroides também dilata os poros”, alerta.

Em períodos mais quentes vale observar a sua pele, pois, no verão, por exemplo, os poros tendem a ficar mais dilatados por conta do excesso da produção de sebo, calor e suor. “Esse excesso também pode gerar cravos e até mesmo evoluir para um quadro de acne”, conta.

O ideal é consultar o seu dermatologista para que ele observe as causas dos poros dilatados e indique o tratamento adequado.

Evite a dilatação

A limpeza adequada da pele aliada a uma rotina de skincare é essencial para evitar os poros dilatados. “Resíduos de maquiagem, protetor solar e impurezas, como poluição e suor, podem acumular nos poros, deixando-os maiores”, conta.

Para controlar a oleosidade e fazer uma higienização adequada, Amilton indica sabonetes com ação antioleosidade, loções tônicas adstringentes e gel ou sérum com ativos para combater a oleosidade. Evite produtos que sobrecarreguem a oleosidade na pele, como demaquilantes a base de óleo ou hidratantes comuns.

“Vale lembrar que a limpeza da pele deve ser feita, no máximo, três vezes ao dia para evitar o efeito rebote da produção de sebo. Outro ponto importante é a hidratação da pele, que ajuda a evitar o ressecamento, para isso, escolha produtos oil free”, indica.

- Por Aline Marchiori