- Por Karina Hollo

Os perfumes femininos mais sexy

Os perfumes animais lembram suor, sexo, cheiro de pele. Vem entender porque eles são capazes de tirar você do sério.

Já tem um date programado para os próximos dias e quer chegar toda trabalhada na sensualidade? “Os perfumes animálicos trazem nuances de cheiro de pele, suor, sexo”, fala a perfumista Magali Lara. “São cheiros que às vezes não percebemos, mas mexem com nossos instintos”, continua ela. Quer saber mais? Prepare-se para perder o fôlego!

Notas secretas

Um dos segredos para uma fragrância ter aquele ar sexy que envolve você é um composto químico sintético chamado indol, capaz inclusive de intensificar fragrâncias florais, por exemplo. Musk, ambergris e castoreum também têm esse poder! “Esses perfumes indólicos podem ser considerados mais sexy por serem mais intensos, potentes e terem notas que provocam, chocam e que são até consideradas afrodisíacas. Estas notas perduram mais tempo na pele, são notas de corpo e fundo”, explica a perfumista Magali Lara.

Indol, muito prazer

Ele tem odor potente, chocante. Quando diluído, possui caráter floral que lembra jasmim e flor de laranjeira. É uma molécula sintética.

Castoreum envolvente

“Ele tem odor quente, lembra couro. Agradavelmente doce, forte e muito usado em composições fougère, orientais e chipre”, fala Magali. No passado era extraído da secreção da glândula de um castor que vivia em fazendas no Canadá e Rússia. Hoje é reproduzida em laboratório e usada em versão sintética.

Ambergris afrodisíaca

“Pode ser amadeirada, seca-balsâmica, ter nuances de tabaco e até erógenas”, fala a perfumista. É uma excreção patológica da baleia cachalote que é encontrada boiando em águas geladas, mas como é cada vez mais difícil de encontrar, há muitos anos são usadas versões sintéticas.

Perfume de família

Não necessariamente os perfumes animálicos são da família oriental, famosa por ser sexy. “Animalic é considerada uma subfamília olfativa e pode pertencer às famílias chipre, floral também”, explica Magali.

Sexy sem ser vulgar

“Uma flor exótica pode ser sexy, uma combinação de frutas também pode ser sexy”, fala a perfumista. Além de madeiras, couro e âmbar, por exemplo. “Musks são super sensuais, com seu caráter de segunda pele. Não existem regras para criar um perfume sexy em determinada família olfativa. É a alquimia da combinação de notas que realmente faz a diferença na composição final.”