Como cuidar da pele nos dias frios

Com clima seco e banhos quentes, é preciso redobrar a atenção com a pele

Quem tem preguiça de aplicar hidratante depois do banho coloque o dedo aqui – cá entre nós, depois de sair do chuveiro, quentinho, tudo o que a gente quer é se enxugar e vestir a roupa, certo? Errado! Ou você corre o risco de sofrer com pele ressecada, esbranquiçada, envelhecida e ainda ter coceira!

Banho quente

Não adianta choramingar. Banho, mesmo no outono-inverno, não pode ser quente. “A temperatura ideal para o banho no inverno é morna e a duração deve ser rápida”, avisa a dermatologista Thais Pepe. E tem mais: prefira sabonetes líquidos e hidratantes, mais suaves que os em barra e, todos os dias, lave apenas partes íntimas, pés e axilas, para não agredir demais a barreira de proteção da pele.

Hidratante X óleo de banho

“Óleo de banho é uma boa alternativa para quem esquece de passar o hidratante diariamente”, diz Thais. Mas ela ressalta que a indicação é usar hidratantes que contenham ureia quando a temperatura cai, para turbinar o poder de hidratação do produto.

Pés e mãos na mira

Prometa para si mesma jamais se esquecer de hidratar os pés as mãos, principalmente nessa época do ano. “Estas duas áreas do corpo são as que mais sofrem no inverno”, diz Thais. As mãos vivem expostas – e por isso precisam de produtos umectantes e com protetor solar — e os pés, mesmo escondidos em sapatos fechados e botas precisam de hidratação, sempre.

 

- Por Karina Hollo