Saiba qual é o melhor tipo de protetor solar para melasma

Melasma e sol não combinam! Para te ajudar a evitar o agravamento das manchas, o dermatologista Amilton Macedo revela qual é o melhor protetor solar para melasma

Compartilhar:

O melasma é caracterizado por manchas escuras que surgem no rosto, no pescoço no colo e até nos braços. Dentre as suas causas estão as alterações hormonais na gestação, o uso de pílula anticoncepcional e, principalmente, a alta exposição solar sem proteção. Desse modo, conversamos com o dermatologista Amilton Macedo, que indica o melhor tipo de protetor solar para melasma.

Tratamentos para melasma

De acordo com o expert, o melasma é uma hiperpigmentação da pele que aparece de três maneiras.

“O melasma epidérmico afeta a camada superior de pele. O melasma dérmico afeta o nível mais profundo da derme e é caracterizado por manchas mais escuras e acinzentadas. Já o melasma misto é uma combinação do epidérmico e dérmico, aparece como um pigmento marrom-cinzento”, explica Dr. Amilton.

O melasma não tem cura, mas as terapias para o quadro vão de procedimentos feitos em consultório, como peelings e lasers, ao uso de dermocosméticos tópicos com ativos clareadores e, claro, muita proteção solar.

Saiba qual é o melhor tipo de protetor solar para melasma

O melasma é uma hiperpigmentação da pele que se manifesta com manchas

Qual protetor solar escolher?

O protetor solar é um grande aliado contra o melasma, e o dermatologista orienta optar pelas versões com alto fator de proteção, com FPS 50 ou mais, e com cor.

“O pigmento do filtro solar forma uma barreira física contra a luz visível, emitida por televisores e lâmpadas, que também podem escurecer a pele”, afirma.

Saiba qual é o melhor tipo de protetor solar para melasma

O melhor protetor solar para o melasma é o com cor e com FPS 50 ou mais

Cuidados extras

Alguns hábitos no dia a dia também ajudam a controlar o melasma, como usar chapéus e viseiras para se proteger do sol, hidratar a pele e ficar atento à alimentação.

“Abuse de frutas e vegetais ricos em betacaroteno e licopeno, derivados da vitamina A, que auxiliam as células da pele a se protegerem contra os radicais livres. Manter a pele hidratada é essencial para que a barreira cutânea natural nos proteja dos fatores externos, incluindo a luz e o calor. O uso diário de cremes regenerativos é fundamental. Se for antioxidante, com a vitamina C, melhor ainda”, orienta o dermatologista.

Saiba qual é o melhor tipo de protetor solar para melasma

Hábitos e produtos que te ajudarão contra o melasma

- Por Letícia Leite