Lábios enrugados têm solução!

Lábios enrugados ou código de barras na boca podem ser evitados e suavizados. Conheça algumas soluções ou desista dos batons escuros.


imagem 1

…precisa cuidar dela. Afinal, é quem ajuda você a contar seus desejos, é responsável pelos seus beijos, serve de tela para mas cores-tendência de batom…

Sem o devido tratamento, sua boca pode perder volume, charme e feminilidade. Como a pele da região é muito fina, a evaporação da água é duas vezes superior se comparada ao restante do rosto.

Para piorar, as fibras de colágeno estão presentes em menor número, o que pode acelerar o processo de envelhecimento. Socorro!


imagem 2

Sabe aquelas linhas ao redor da boca que acabam com o seu sex appeal? São o tal código de barras.

A medida que a musculatura em volta dos lábios vai ficando enfraquecida, com a perda de colágeno, as rugas aparecem. E a situação é ainda pior no caso de fumantes e de quem tem mania de fazer biquinho.

“A pele dos lábios, uma semi-mucosa, também perde volume, e isso se reflete na área externa também. Se você não hidratar o lábio, a ruga sai de dentro e se encontra com a linha labial”, avisa Carla.


imagem 3

Elas podem ser recuperadas de várias maneiras, dependendo do grau. Se for no início, dá para resolver com cremes.

Dependendo da perda de volume labial (do vermelhão), hidratando a boca corretamente já conseguimos atenuar o problema. Mesmo em casos um pouco mais avançados, usando um lip balm com ácido hialurônico entre os ativos permite adiar a aplicação do preenchedor.

Em casos de linhas mais profundas, associamos cremes a preenchimento com, por exemplo, ácido hialurônico. E se a pessoa costuma fazer muito bico, ajudamos a perder esse mau hábito com a toxina botulínica.


imagem 4

“A indicação do bálsamo labial – mais ou menos cremoso — varia de acordo com o estado de cada lábio”, fala Carla.

A cor não significa cuidado extra, é apenas um complemento. Verdade que, quando ela some, lembra você de reaplicar!


imagem 5

“É importante buscar balms que tenham FPS 25, no mínimo, vitamina E, manteiga de karité e, em casos de perda de volume labial, incluo ácido hialurônico na prescrição”, diz a dermato.

A aplicação do balm não tem gestual específico, nem número certo de aplicação. “Falo aos meus pacientes que pode ser usado 200, 300 vezes.

Sempre que o lábio estiver seco ou quando sentir que o balm saiu da boca, repasse. Não interessa quantas vezes ao dia”, finaliza.