- Por Karina Hollo

Diferença entre pele seca e ressecada

Até a pele mista ou oleosa pode sofrer com desidratação. É o seu caso?

A pele seca é caracterizada por ter glândulas produtoras de óleo no rosto em menor número e tamanho, que liberam menos sebo que as das pessoas de tipo de pele oleosa ou mista. Já a pele desidratada tem falta de água, não de óleo. É por isso que você pode ter uma pele oleosa e, ainda assim ter a pele desidratada. Vem descobrir se isto está acontecendo com você!

Encare o diagnóstico

Pele seca se refere a um tipo de pele. Desidratação se refere a uma condição da pele. “A pele desidratada não tem água suficiente na superfície, e tem como causa por muitos fatores internos externos. Os mais comuns são o clima, a poluição, uma dieta rica em açúcar, o consumo excessivo de cafeína e álcool, além de tabagismo, que podem resultar na diminuição da circulação que nutre a pele e consequentemente leva menos água às células cutâneas”, explica a dermatologista Mônica Aribi.

Faça o teste

Um bom teste para saber seu tipo de pele é pegar um papel toalha, colocar no centro da testa e ver se ele sai manchado de óleo. Faça o mesmo nas bochechas. “Se o papel sair manchado nos dois, sua pele é oleosa. Só na testa, mista. Em nenhum dos dois, é seca”, fala Monica.

Oleosa e ressecada?

“Como óleo em excesso na superfície da pele compete com a água, pois eles não se misturam, por vezes a pele oleosa pode se tornar desidratada”, diz a dermatologista. A pele desidratada parece sem brilho no espelho e você pode notar rugas em lugares nos quais não se lembrava de tê-las. A área dos olhos fica mais ressecada ainda, cheia de linhas e outros sinais comuns são vermelhidão e inflamação.

Cuide certo

Existem várias maneiras de aliviar a pele seca, como ajustar a dieta e tomar bastante água, aumentar a ingestão de antioxidantes e reduzir o número de ácidos na rotina de beleza. “Além disso, esfolie no máximo uma vez por semana e com microesferas. Procure por hidratantes com ácido hialurônico, vitamina C e vitamina E”.

Preste atenção às estações do ano

Muita luz solar direta na pele pode causar desidratação. Por isso, fique atenta ao filtro solar e beba água. Em contrapartida, o dia a dia no escritório, por exemplo, pode ressecar a pele. “Vento e ar condicionado resultam numa perda maior de água da superfície da pele. Por isso é importante que, a cada 3 horas, se possível, você limpe o rosto com papel toalha e reaplique os produtos. CC creams com cor e FPS são uma ótima pedida para esse momento”.

Faça a manutenção

Quando hidratadas, nossas células de pele incham, e isso minimiza a aparência de linhas finas e rugas e faz seu rosto parecer menos cansado. A saída é beber os tais 8 copos de água mínimos e manter uma água termal em spray à mão. “Borrife e deixe as gotículas sobre a pele por 5 ou 10 minutos. Elas têm ação anti-inflamatória e hidratante.” Além disso, use uma máscara hidratante uma vez por semana para reabastecer a umidade da pele.