Como evitar alergias na pele por uso de álcool gel

A dermatologista e expert Patrícia Nakahodo revela como evitar alergias na pele por conta da limpeza excessiva das mãos e uso do álcool em gel!

Se você tem lavado as mãos e usado álcool em gel com frequência, pode ter notado alergias na pele ou até algum tipo de ressecamento. Caso essa cena tenha sido familiar para você, saiba que é possível manter a higiene da pele e evitar esse ressecamento.

Para ajudá-la a se proteger contra alergias na pele ou até mesmo dermatites de contato por conta da limpeza e uso de álcool em gel, a dermatologista e expert, Patrícia Nakahodo, revela as suas dicas. Confira!

Capriche na hidratação

O segredo para evitar alergias na pele, ressecamento e dermatites é apostar na hidratação. “O que acontece é que o álcool em gel acaba removendo uma camada natural de proteção que temos na superfície da pele, chamada barreira hidrolipídica. Ao aplicar o hidratante, ajudamos nessa proteção, evitando o aspecto esbranquiçado e o toque áspero do ressecamento, prevenindo também as dermatites de contato”, revela a dermatologista.

Ou seja, o hidratante deve ser um aliado da lavagem das mãos e do álcool gel, não deixe ele de lado neste momento.

Frequência de hidratação

O correto é seguir essa ordem: “lave bem as mãos com água e sabão e, depois, passe o álcool em gel. Deixe secar por uns dez segundos e passe o hidratante”, conta Patrícia.

Essa etapa deve ser repetida todas as vezes que higienizar as mãos, assim, você mantém a pele hidratada, protegida contra vírus e bactérias, e livre de alergias.

- Por Aline Marchiori