- Por Karina Hollo

Como escolher a base ideal

Descubra como escolher a base certa - da cor à textura - para uma pele perfeita

Nem no rosto, nem nas costas das mãos. O lugar ideal para descobrir seu tom de base é… Entre rosto e colo! Já na textura, é você quem manda. Siga as dicas da maquiadora sênior da MAC e desfile por aí com cara de modelo internacional.

Referências

Pergunte-se: como quero a minha base: fiel à cor do colo? “Se sim, o ideal é testar no colo porque a gente usa FPS só no rosto e ele fica mais claro do que o corpo, de maneira geral”, alerta a maquiadora Fabiana Gomes. Se quiser manter o rosto mais claro, só tome cuidado com a transição.

Subtons

Se o seu rosto tem vermelhidão, o que é comum, e os braços tem um subtom menos rosado, melhor escolher uma base mais fria para neutralizar. “Se precisar de alta cobertura para disfarçar manchas, ache a cor exata, aplique pontualmente e faça a transição com cuidado.”

Textura ideal

Creme, líquida ou gel, tudo depende de como você sente mais conforto na hora da aplicação. E também do tipo e da condição da pele. “Foque no acabamento. Pele oleosa vai de matte, que controla o brilho”, sugere Fabi. “Já seca ou desidratada pode ganhar vida com um efeito luminoso.” Ah! Use pouco produto. “Meia colher de café é suficiente.”

O acessório perfeito

“Pincel duo fiber é meu preferido para aplicar base. Dou leves batidinhas para depositar para mais cobertura e faço movimentos circulares ou de varredura para esfumar e polir”, conta a expert. Para ter acabamento perfeito, capriche no preparo da pele. “Só assim ela vai ter cara de pele saudável, tipo de criança, viçosa.” Pele seca, por exemplo faz a base craquelar porque rouba umidade do produto…