Como controlar a oleosidade no rosto

Como controlar a oleosidade no rosto? É só o tempo esquentar para a região da testa, nariz e queixo começar a brilhar mais que frango frito? Não se você seguir a rotina de cuidados de ataque.

Campo de batalha

De manhã, tudo até parece bem. Mas logo depois do almoço, com o pico de produção da testosterona, a produção de sebo no rosto aumenta e a zona T começa a vir à tona. “Em geral, essa é a região onde existe maior oleosidade na face, pela maior quantidade de glândulas sebáceas. Aí, temos maior incidência de acne“, fala Cláudia.

Experimente também: Sabonete Líquido Facial – Neutrogena

Estratégia de guerra

Tem mais: a cada grau a mais de temperatura, o volume de oleosidade cresce em 10%. O resultado são poros dilatados, diferença de coloração, brilho excessivo. E agora?

Experimente também: Creme Uniformizador – Nuxe

Defesa

O melhor jeito de controlar a situação é manter uma rotina de cuidados adequada. “Lavar o rosto de 2 a 3 vezes por dia com um sabonete específico para pele oleosa; esfoliar a face uma vez por semana; usar produtos matificantes durante o dia, além de um protetor solar oil free ou oil control. Além disso, invista em ácidos (retinóico, glicólico, salicílico), de forma alternada, à noite.”

Experimente também: Gel de Limpeza – Givenchy

Ataque

“Os melhores procedimentos de consultório são os peelings químicos e o de diamante, bem como alguns tipos de lasers”, diz Cláudia. “Em alguns casos, uma excelente maneira de evitar ou de tratar o problema é fazer uso da isotretinoína oral. Funciona como antiaging para as peles oleosas por estimular a produção de colágeno”, finaliza.

Experimente também: Gel Renovador Celular – Melora