Cabelos ruivos: como cuidar

A cor é linda, viva e tem um séquito fiel de seguidoras. Confira os cuidados especiais para manter o cabelo ruivo!

“Este pigmento é uma cor fantasia”, diz nosso expert Ricardo Rodrigues, sobre a tintura vermelha. Isso significa que se trata de uma cor que não é natural, com  a qual as pessoas  nascem com o exato. Mas, sorte daquelas que a exibem naturalmente (normalmente puxando para os tons de alaranjado)! Seja qual for o seu caso: colorida ou natural, é preciso ter cuidados específicos para ter um ruivo radiante e duradouro.

Se você é loira…

Não vai agredir tanto o cabelo com a mudança para o ruivo. Isso porque, se for natural, a cor vai aderir bem. E, se for tingido, já sofreu o processo de descoloração (que retira o pigmento natural por meio do pó descolorante) então basta aplicar o novo tom por cima. “Só que ele desbota mais rápido também, já que o cabelo está fragilizado”, fala Ricardo. Alô, linhas de tratamentos especiais para cabelos tingidos! Suas fórmulas menos adstringentes são ideais para manter o pigmento dentro do fio por mais tempo! Sua pele é muito clara e por isso você tem medo da mudança? Inspire-se no tom de Jessica Chastain, o Strawberry Blonde, que, com um tom claro, não contrasta tanto na hora da mudança.

 

Se você é castanha…

Seu cabelo requer descolorir antes de aplicar o tom mais quente. E depois vai precisar reconstruir, com produtos específicos que ajudam a devolver massa, queratina, proteína e aminoácidos – tudo isso para ajudar o fio ficar mais forte e não quebrar. E o tom ideal? “Eu gosto muito do ruivo puxado para o cobre nas morenas. Vermelho muito fechado eu já não gosto tanto”, comenta o expert. Mas quem se lembra da Rihanna com seu cereja supermarcante? As negras podem se arriscar com os tons mais escuros e quentes, chegando perto do vinho.

 

Verdades universais

Alguns cuidados com os ruivos são essenciais, independentemente do tom de cabelo original. Não adianta muito, por exemplo, investir em boas linhas de tratamento para cabelos coloridos se você toma banho com água muito quente e lava os fios muitas vezes na semana.

“O ideal, aliás, é lavar apenas o couro cabeludo e não o comprimento”, aconselha o expert. Faz natação ou algum esporte aquático? Procure por toucas especiais para proteger os cabelos e pense duas vezes antes de pintar os fios dessa cor, por causa do desbotamento.

Opções mais orgânicas, como a linha Elements, da Wella, estão entre as preferidas de Ricardo Rodrigues: “São mais leves, não agridem tanto o cabelo e ainda preservam a cor”. Outro produto que você não vai mais largar é o protetor térmico e o leave-in com proteção solar, a fim de proteger o fio dos danos causados pelo calor e dos prejuízos que o sol traz.

 

- Por Natália Petroni