A relação entre rosácea e bebidas alcóolicas

Na hora de comemorar, maneire no álcool: ele pode causar rosácea, além de acne

Um estudo publicado no Journal of the American Academy of Dermatology mostrou que o álcool ingerido em bebidas está associado a um maior risco do surgimento de rosácea em mulheres, doença de pele inflamatória e crônica que atinge cerca de 10% da população mundial.

Rosácea ataca

Muito comum principalmente em mulheres de pele clara e idade entre 30 e 50 anos, a doença tem causa desconhecida e, geralmente, é caracterizada por uma pele sensível e ressecada, com o surgimento de áreas vermelhas na face e o aumento de vasos sanguíneos”, explica a dermatologista Thais Pepe.

Vinho branco = pele avermelhada

“Os autores do estudo acreditam que o enfraquecimento do sistema imunológico, a vasodilatação e os efeitos pró-inflamatórios causados pelo álcool contribuem para o desenvolvimento da vermelhidão”, afirma a médica. O vinho branco e o licor estão significativamente associados a um maior risco de desenvolvimento da doença.

Álcool = acne e envelhecimento precoce

Segundo Thais, o álcool ainda está associado a uma variedade de doenças da pele, como psoríase e acne, além de afetar a hidratação do tecido, diminuindo o viço e colaborando para o ressecamento e a descamação. “O álcool ainda causa envelhecimento precoce e flacidez”, completa.

 

- Por Karina Hollo