Rolo de jade: quais são os movimentos básicos?

O rolo de jade é o item de skincare mais bombado do momento, mas você sabe como usar? Taiz Campbell revela quais são os movimentos básicos.

Você garantiu ou está doida para comprar o seu rolo de jade, mas fica em dúvida sobre como usar no dia a dia? Para ajudar você a usar o rolo de jade da melhor maneira e ter inúmeros benefícios para a sua pele, pedimos ajuda para a dermatologista e expert, Taiz Campbell. Nesta matéria, ela revelou os principais movimentos para fazer com o rolo de jade e deixar a sua pele incrível. Vem ver!

Para que serve?

Se a sua dúvida é por que usar o rolo de jade, saiba que ele funciona como uma drenagem facial, modelando o rosto e ajudando na absorção dos cremes. “Gosto de usar pela manhã e a noite, depois da limpeza facial e antes da rotina com os cremes. Coloco um creme na pele para ajudar o rolo a deslizar, pode ser uma vitamina C ou um creme hidratante e nutritivo”, conta a dermatologista.

 

Movimentos básicos

“A ideia com o rolo de jade é fazer de dentro para fora e de baixo para cima, pois, desta forma, conseguimos um efeito lifting, além do mais, ele ajuda na drenagem do rosto”, conta Taiz.

A expert indica imaginar uma linha no meio do rosto para dividir em duas partes. Depois divida a região abaixo dos olhos em três partes imaginárias.

“Gosto de esticar um pouco a pele para fazer os movimentos. Comece do meio do queixo para fora e faça de cinco a dez movimentos. Em seguida, faça do meio da boca para a orelha. Nos últimos movimentos, traciono bem até entrar no couro cabeludo. E, para finalizar, venho da lateral do nariz para a fora. E na testa, faço da sobrancelha para fora também”, explica.

Em áreas delicadas

Para as regiões mais delicadas, como buço, olhos, etc., prefira a parte menor do rolo de jade.
“Na área da boca, você pode fazer em volta com movimento circular, ou dividir, fazendo de um lado, depois, o outro, sempre levando para fora”, revela.

Já na região dos olhos, como olheira e pálpebras, vá de dentro para fora sempre levando até o couro cabeludo. “Uma dica final é que com essa parte pequena, gosto de levantar o arco da sobrancelha e passar de dentro para fora para um efeito lifting”, conta.

- Por Aline Marchiori