- Por Karina Hollo

As partes mais ressecadas do corpo

As partes mais ressecadas do corpo você descobre em um mapa do ressecamento que vai muito além dos cotovelos e joelhos.

Algumas áreas sofrem com a falta de umidade. Para não exibir regiões ásperas e esbranquiçadas, identificamos os pontos que merecem atenção.

1 Colo

A pele do colo é mais fina e, por possuir menos glândulas sebáceas, pode ficar seca (e cheia de rugas!) com facilidade. A solução é hidratar, para que ela continue bonita – e até mais firme. “Produtos com ativos que estimulam a síntese de colágeno, como o estradiol, ou tensores como Tensine, Liftline, Nano Vetor DMAE são indicados”, fala a dermatologista Patricia Nakahodo. E nada de esquecer de proteger a região dos raios solares com um bom FPS 30, no mínimo.

2 Braços

O atrito constante com mangas de blusas e casacos leva embora a maciez da pele. “Para que os braços se mantenham bonitos durante o ano todo, é importante hidratá-los”, alerta a dermato. Cremes e loções corporais afastam a aparência esbranquiçada e a descamação, que pode acontecer em casos de ressecamento mais intenso.

Produtos à base de ureia, byohidrata e lactato de amônio ajudam a fixar a água na pele, além de terem toque leve. “Para não piorar o problema, use roupas com tecidos naturais, como algodão, pois os sintéticos podem pinicar e piorar a coceira local causada pela irritação vinda da falta de umidade”, diz a médica.

3 Costas

Essa não é uma região que tradicionalmente sofre com ressecamento exagerado. Mas se você gosta de um banho quente e relaxante ao final do dia, saiba que ele pode causar esse problema, com aquela sensação de repuxamento. A água em temperaturas mais elevadas remove a oleosidade e a barreira protetora natural da pele, facilitando a perda de umidade. “Mas o que a ducha retira, conseguimos repor com hidratantes”, diz a expert.

Se você é dessas que se incomoda com a textura pegajosa de alguns cremes, fique calma. “Atualmente, há uma variedade de veículos com o toque mais seco e sedoso como gel creme de lecigel, ou fitalite, indicados para peles mistas a oleosas; ou ainda o versalite, para as secas. Apesar de mais leves, hidratam tanto quanto os produtos espessos ou oleosos, dependendo dos ativos adicionados à fórmula.”

4. Pernas

Elas também são uma área de preocupação quando o assunto é o ressecamento. “Muita gente desenvolve uma dermatite específica nessa região, chamada xerotica”, fala a dermatologista. Sua causa é a pele muito seca. “Para evitá-la, uma boa dica é passar o hidratante ainda dentro do banheiro, aproveitando o vapor d’água pós-banho para completar o efeito da hidratação”. Assim, a umidade ficará “presa” à epiderme.

Bem como nos braços, vale a pena procurar por cremes com ureia e lactatos. E para dar um toque especial, ainda há produtos com mica dourada, que proporciona uma luminosidade bronzeada às pernas.

5 Joelhos e cotovelos

Os cotovelos e joelhos são outras partes do corpo que costumam ficar bastante secas, por sofrer com o atrito e o desgaste causado pelos movimentos repetitivos. Além disso, essas regiões possuem menos glândulas sebáceas, que produzem o óleo natural da pele.

Geralmente, ficam esbranquiçados por conta da morte das células de sua superfície. “Indico óleos e cremes encorpados e amanteigados, que hidratam por oclusão”, fala a dermatologista. Isso significa que reduzem a evaporação, impedindo a perda de água.