Protetor solar – a quantidade certa

O que você precisa fazer para trazer só bronze dourado da viagem de férias

Pode confessar! Você limita a quantidade de filtro solar que passa no rosto à metade de um dedo anelar. Tudo bem, não vamos crucificar ninguém, a maioria de nós faz isso.

Mas o correto é aplicar dois miligramas – uma colher de chá rasa – por centímetro quadrado de pele! Ou seja, nada de economizar. Pode apertar a bisnaga do filtro na palma da mão.

Curvas cobertas

No corpo, o dermatologista Abdo Salomão indica três colheres de sopa espalhadas pela pele toda, contanto que a aplicação seja feita 30 minutos antes da exposição ao sol. “Esse que é o tempo médio para o filtro agir na pele”, diz.

Se o protetor é em spray, são 6 pulverizações por área do corpo. E depois, precisa espalhar (sob risco de ficar toda manchada). Se em emulsão ou creme, são 2 dedos de produto para cada área do corpo – braços, peito, barriga, pernas, costas, lombar (rosto e pescoço recebem uma só).

Rosto X corpo

Outra atitude errada? Usar o mesmo filtro no corpo e no rosto. “Alguns produtos corporais são mais densos e oleosos (propositalmente, para turbinar a hidratação e combater o ressecamento causado pela longa exposição ao sol).

Então, se você tem predisposição à acne, o uso desse tipo na face e no colo não é indicado, pois pode piorar a situação”, explica.