- Por Karina Hollo

Novo tratamento contra gordura localizada

Dê adeus às gorduras aliando tratamentos e cuidados em casa

Até agora, os equipamentos focados em gordura localizada apostavam em criolipólise ou radiofrequência — ou ainda nas duas juntas. Mas aí, chegou o Total Sculptor, que associa criolipólise, ultrassom microfocado, corrente de estímulo muscular, radiofrequência multipolar e criofrequência para remodelar contornos e definir os músculos.

Alvo certo

As duas ponteiras de criolipólise tratam ao mesmo tempo duas áreas do corpo. “A criolipólise é um método não invasivo que elimina as células de gordura com o frio”, explica o dermatologista Dr. Abdo Salomão Jr. Ao mesmo tempo, a corrente de estímulo muscular começa a agir e, em seguida, entra em cena o ultrassom microfocado, que “derrete” a célula de gordura condensada pelo frio.

Não dói

Segundo o dermatologista, a técnica dói só no início do procedimento. “Essa criolipólise é mais potente, já que tem vácuo mais intenso e área de congelamento maior. O ultrassom não dói porque vem logo depois da criolipólise e a gordura e os nervos estão congelados”, garante.

Tchau, gordura!

Uma sessão é necessária para atingir os resultados. “A gordura é metabolizada e boa parte (lipossolúvel) sai pela bile enquanto a parte hidrossolúvel sai pela urina”, assegura o médico. Porém, grávidas, pessoas com intolerância ao frio, pacientes com restrição à radiofrequência ou que têm marca-passo cardíaco não podem fazer o procedimento.