Diferenças entre shampoo masculino e feminino

Diferenças entre shampoo masculino e feminino - Entrar no banho com ele é superdivertido, mas dividir os mesmos produtos pode ser ruim para o cabelo dos dois!



O homem completamente despreocupado com a aparência, desleixado, parece já estar bem longe do século XXI. Pode ter sido David Beckham, gatíssimo e precursor do estilo metrossexual, que tenha declarado que sim, eles também querem seus minutos à frente do espelho e gastam muito mais que tempo para se embelezar.

Estima-se que o consumo masculino de cosméticos tenha sido acima de R$ 9 bilhões no Brasil, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), de 2013.



Pensando neles é que muitas marcas têm lançado linhas específicas para o cabelo masculino. Afinal, compartilhar o seu shampoo pode não ser o melhor negócio.

“Os fios dos homens são mais espessos e têm as camadas mais compactas e firmes, sendo menos porosos e frágeis que o cabelo feminino”, afirma a dermatologista Thais Pepe.”

Dessa forma, tanto eles quanto elas devem usar apenas os produtos certos para seu tipo de cabelo. Em tempo: alguns shampoos femininos podem agravar essa produção de oleosidade!



Para Dra. Thais, o maior problema enfrentado pelos homens é a calvície, que é determinada geneticamente. Com eles cada vez mais vaidosos, é possível imaginar o terror de ficar careca.

“A solução ideal é iniciar um tratamento precoce, logo ao notar que os fios estão ficando mais finos e escassos na parte frontal (entradas). Se for calvície hereditária, é possível minimizar utilizando produtos apropriados, indicados por um dermatologista, como minoxidil e finasterida.

A condição ainda pode ser agravada pelo uso de hormônios anabolizantes, por traumas (como esfregar com força exagerada durante a lavagem) e por distúrbios emocionais”, conta.



Outra consequência que a natureza pode causar no cabelo do seu gato são aqueles flocos brancos no colarinho ou sobre os ombros: a caspa!

“Devido ao homem ter o couro cabeludo mais oleoso, esse problema também é mais frequente do que nas mulheres.

Há shampoos anticaspa especiais, com agentes fungicidas, que reduzem a descamação”, diz a expert.



É muito importante lavar os fios diariamente ou, pelo menos, em dias alternados, para controlar a oleosidade do cabelo, independente do sexo, segundo a dermato.

“De preferência, a água deve ser mais fria. A temperatura muito elevada provoca o estímulo das glândulas sebáceas, o que turbina a produção de óleo e até da caspa.”

Muitos shampoos ou géis de banho masculinos podem ser usados para limpar tanto o cabelo quanto a pele. Porém, Dra. Thais recomenda: “O ideal é sempre usar um produto específico para cada região, pois existe diferença de absorção nos fios ou no corpo”.

Assim, melhor deixar esses multifuncionais para as viagens ou para a mala da academia.