Como tratar cicatrizes de acne

Com alguns cuidados, dá para corrigir a textura da pele - mesmo sem ajuda da maquiagem

acne pode deixar marcas mesmo depois de anos de tratamento. Isso acontece porque, quando uma lesão inflamatória dura muito tempo, causa cicatrizes. E elas são profundas! “Isso porque as glândulas das quais se originam as espinhas estão na derme profunda. Então, as fibras da pele têm sua arquitetura comprometida”, explica o dermatologista Abdo Salomão, membro da Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e da American Academy of Dermatology.

Up & down

As lesões podem deixar manchas ou cicatrizes na pele – atróficas (um tipo comum, com afundamento e afinamento da pele) e hipertróficas (quando o excesso de tecido cicatricial resulta em elevação com deformação da pele). “Elas são visíveis e mudam o relevo, comprometendo a textura da pele”, comenta.

Tratamento preciso

Para tratar as cicatrizes de acne atróficas são indicados procedimentos como a radiofrequência microagulhada Eletroderme (da Plataforma Solon), que penetra profundamente na pele, promovendo coagulação, aquecimento e reorganização das fibras de colágeno (danificadas pela acne). “As agulhas do Eletroderme ultrapassam a epiderme, emitindo ondas eletromagnéticas apenas nas camadas mais profundas, preservando a superfície. Isso faz com que a temperatura da derme chegue até a 70oC, estimulando a produção de colágeno e refazendo as fibras rompidas”, explica o dermatologista.

O aparelho estimula a regeneração celular por meio do processo de cicatrização, da proliferação de células-tronco e da síntese de elastina, da neocolagênese (produção de colágeno) e angiogênese (proliferação de vasos sanguíneos). “Essa técnica age até a derme média e, por possuir radiofrequência, realiza pontos de coagulação de efeito térmico”, fala Abdo. O equipamento pode ser ajustado para atingir temperaturas de 55oC a 100oC.

Dói?

Durante o procedimento, é comum sentir leve aquecimento no local. Para que os resultados sejam bacanas são necessárias, em média, três sessões com intervalos mensais. “O pós-procedimento é tranquilo e a recuperação é muito rápida. Em 15 dias já é possível ver os primeiros resultados. Os finais aparecem após quatro meses.” Ah! O procedimento é contraindicado para gestantes e pacientes com tendência à formação de queloide, e não deve ser feito em áreas do corpo com infecções.

Em casa

Após o procedimento, o ideal é usar protetor solar, e substâncias altamente hidratantes e que estimulem a produção de colágeno, como ácido hialurônico e vitamina C.

No nécessaire
Os indispensáveis para cuidar das marcas da pele

Emulsão Anti-idade Ada Tina
https://www.belezanaweb.com.br/ada-tina-pure-c-5-emulsao-anti-idade-30ml/

Hidratante Facial Anna Pegova
https://www.belezanaweb.com.br/anna-pegova-emulsion-equilibrante-hidratante-facial-40ml/

Tratamento para Acne Clinique
https://www.belezanaweb.com.br/clinique-anti-blemish-solutions-clinical-clearing-tratamento-para-acne-15ml/

Protetor Solar Bioderma
https://www.belezanaweb.com.br/bioderma-photoderm-max-leite-spf-90-protetor-solar-100ml/

- Por Karina Hollo