- Por Karina Hollo

Os benefícios da vitamina C para a pele

Ela combate os radicais livres, apaga linhas finas, clareia, protege do sol, ativa a produção de colágeno...

A vitamina C age contra os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento cutâneo. Sem ela, não há produção de colágeno, substância essencial para um rosto jovem e bonito.

Também suaviza linhas de expressão e reduz os sinais de cansaço, conferindo uma melhora na look, deixando a pele mais firme, lisa e macia. Sim, é para beber e passar na face!

 

Multifunção

A vitamina C tem como principal ação ser um poderoso antioxidante. “E como todo antioxidante, ela protege dos efeitos nocivos do sol.

Vale lembrar que ela pode ser usada em conjunto com o filtro solar — e nunca sozinha — funcionando com um complemento ao protetor”, diz Carla.

Além disso, ela é um clareador quando em uso tópico e também atua na síntese do colágeno.

Faz quase tudo

“A vitamina C é usada no tratamento de linhas de expressão: na prevenção de quem ainda não apresenta nenhuma, e no tratamento de quem já mostra uma aqui, outra ali, independentemente do tipo de pele”, conta a dermato.

Isso quer dizer que ela pode estar na composição do seu anti-idade, tenha você 20, 30 ou 40 anos…

Boa acompanhada

A vitamina C, sozinha, já tem um senhor efeito. Mas combinada ao ácido hialurônico (substância que dá volume, sustentação, hidratação e elasticidade e maciez à pele) e à vitamina E, por exemplo, tem seu resultado turbinado!

Calendário liberado

“Ela pode ser usada em qualquer época do ano e, diferentemente da vitamina A, não tem problema de acúmulo”, fala Carla. Ou seja, pode ser aplicada dia após dia, sem irritar a pele.

Dia e noite

A aplicação dela pode ser feita tanto de dia quanto de noite. “Via oral é ideal tomar 500 mg, duas vezes ao dia. Mais que isso pode aumentar o risco de formação de cálculo renal.

Em cosméticos tanto faz aplicar pela manhã combinada com protetor solar, e à noite, junto com outros ativos”, alerta a médica.

Cuidado, que ela é frágil

“A conservação da vitamina C deve ser feita em embalagem âmbar, dourada ou preta (nunca transparente)”, avisa Carla.

Em contato com a luz solar, a vitamina C sofre oxidação. O ar tem o mesmo efeito sob ela, fazendo-a mudar de cor (de branquinha para preta).

Por isso, precisa ser colocada em bisnagas ou em embalagens a vácuo. “Também deve ser mantida em local fresco, como qualquer cosmético”, finaliza Carla.