5 cuidados com a pele no inverno

Pele irritada, ressecada e avermelhada são algumas das consequências da estação com baixas temperaturas, tempo seco e poluição. Saiba como cuidar

A pele, quando não é cuidada de maneira correta no inverno, fica mais avermelhada e irritada, ressecada, pelo alto grau de poluição que temos neste período. “Como a pele produz menos oleosidade natural, o ressecamento e a sensação de incômodo aparece principalmente no rosto, que é a mais exposta ao vento e à poluição”, explica a dermatologista Thais Pepe. Para evitar problemas, fique atenta!

1 Aplique protetor solar

Não tem jeito, o fotoprotetor é de uso diário e eterno. “A radiação ultravioleta, também no outono e inverno, provoca danos que comprometem a estrutura de sustentação da pele, causando o aparecimento precoce de rugas e flacidez, além das manchas”, fala Thais. A orientação continua a ser a de reaplicar o fotoprotetor de quatro em quatro horas em ambientes fechados e de duas em duas horas em fotoexposição direta. O filtro deve ter dióxido de titânio ou óxido de zinco na formulação: esses são bloqueadores físicos importantes.

2 Invista nos hidratantes e reparadores

Procure por ácido hialurônico de alto e baixo peso molecular associados. “Eles são indicados para estimular a produção de hidratação natural em todas as camadas da pele”, comenta a dermatologista. Com relação aos cremes reparadores, a médica diz que eles são fundamentais e podem ser usados à noite para evitar os danos ambientais como os efeitos da poluição. “São substâncias antioxidantes com capacidade de reparo celular e que atuam contra os radicais livres”, comenta Thais.

3 Lembre dos pés, das mãos e do corpo

Hidratar essas regiões é fundamental. “No caso dos pés, passar o hidratante à base de fosfolipídeos ou nutriomega 3, 6, 7 e 9 e colocar uma meia de algodão ajuda a pele a absorver o produto mais facilmente. Nas mãos, invista nos ácidos hialurônicos. No corpo, a reposição lipídica deve ser eficiente, com opções como Dry Oil que tem na sua composição ésteres de karité que podem ser associados a outros óleos, restabelecendo a hidratação da pele”, indica a médica.

4 Maneire nos retinóides

Para tratamento de acne, manchas e rejuvenescimento facial, os retinóides são excelentes opções — e geralmente são prescritos no outono e no inverno. “Mas eles devem ser usados com parcimônia e orientados por dermatologistas. Seu uso contínuo pode causar hipersensibilidade cutânea, vermelhidão e irritabilidade”, alerta Thais.

5 Evite banhos muito quentes

Ficar mais de 15 minutos em uma ducha quente é mais que o suficiente para comprometer a camada hidrolipídica da pele, que segura a hidratação. “Dessa forma, a pele perde água e lipídeos, o que compromete sua função de barreira. O ideal é banho morno e logo após o banho hidratar a pele”, finaliza a dermatologista.

 

Nécessaire quentinho
Os produtos que vão cuidar da sua pele nas baixas temperaturas

https://www.belezanaweb.com.br/bioderma-photoderm-max-leite-spf-90-protetor-solar-100ml

https://www.belezanaweb.com.br/shiseido-hidratante-com-cor-waso-color-smart-day-moisturizer-spf30

https://www.belezanaweb.com.br/alessandro-international-pedix-feet-gelee-de-massage-gel-para-pernas-e-pes-100ml?q=35143

https://www.belezanaweb.com.br/granado-carioca-hidratante-260ml

- Por Karina Hollo