Phantom: o perfume robô de Paco Rabanne

Vem saber tudo sobre Phantom, o perfume masculino de Paco Rabanne que combina inteligência artificial e neurociência para um aroma inesquecível

Pare e pense: quantos perfumes de Paco Rabanne você já usou? Ou, pelo menos, desejou? 1 Million, Invictus, XS… São várias fragrâncias icônicos, que agora vão dividir a prateleira com Phantom, a primeira fragrância criada estimulando a criatividade dos perfumistas com inteligência artificial. Ficou curiosa? Vem saber mais sobre ele!

Sensualidade, autoconfiança e energia

A equipe de Paco Rabanne desenvolveu Phantom com perfumistas, cientistas e técnicos da International Flavors and Fragrances (IFF), uma das mais tradicionais casas de fragrância. Lá, eles usaram um método que combina inteligência artificial e abordagens neurocientíficas que permitiram quantificar os benefícios emocionais obtidos por ingredientes ou combinações de ingredientes de um perfume.

Topo: Lavanda, Raspas de Limão e Limão de Amalfi.

Corpo: Lavanda, Maçã, Notas térreas, Fumaça e Patchouli.

Fundo: Lavanda, Baunilha e Vetiver.

Esta combinação que deu vida a Phantom foi testada em jovens de 18 a 35 anos, para descobrir quais emoções ela despertava no cérebro. Foram feitos 45 milhões de análises e o resultado é que Phantom desperta três emoções de bem-estar: sensualidade, autoconfiança e energia.

Primeira fragrância conectada

Para te fazer viver esse universo intergaláctico com todos os sentidos, um chip NFC de comunicação sem contato está embutido nas tampas de spray do frasco de 100 ml. Mas o que isso significa? Quando tocar a cabeça do robô, ou seja, a tampa do seu Phantom com um smartphone, você será conectada com conteúdos exclusivos com curadoria de Paco Rabanne: filtros interativos, playlists personalizadas, realidade aumentada, jogos interativos e muito mais.

 

- Por Evelyn Moreto