Máscara de café: os riscos que ninguém te conta

Você já usou máscara de café? A expert Josi Helena explica se ela é eficaz e alerta sobre os riscos que essa prática caseira oferece para a sua pele

Compartilhar:

Se você gosta de soluções caseiras de skincare, já deve ter ouvido falar na máscara de café, feita com a borra do produto. Mas o que ninguém te conta é que essa prática pode prejudicar a sua pele. Conversamos com a expert e estetacosmetóloga Josi Helena, e aqui ela explica quais são os riscos dessa máscara para o seu rosto.

Benefícios da cafeína para a pele

Quando incorporada em produtos específicos para o rosto e para o corpo, a cafeína é um ativo riquíssimo para o skincare, e Josi explica como ela age na pele.

“Ela inibe a produção de enzimas que degradam o colágeno e a elastina, que são responsáveis pela elasticidade e firmeza da pele, além de melhorar a circulação, amenizar o inchaço e as olheiras”, diz.

Máscara de café: os riscos que ninguém te conta

A cafeína, quando presente na formulação de cosméticos, traz vários benefícios para a pele

Riscos da máscara de café

De acordo com a expert, apesar dos benefícios da cafeína para o skincare, o uso tópico da borra de café não garante os mesmos efeitos à pele.

“A cafeína presente em produtos cosméticos foi preparada e adicionada a uma formulação que fará com que ela seja absorvida pela pele, entregando seus benefícios onde precisa”, explica.

Além de não ser eficiente, a máscara de café pode agredir a pele do rosto.

“A borra de café não recomenda nem para a esfoliação física, pois os grânulos do pó de café podem promover uma abrasão exagerada e machucar a pele, o que também pode evoluir para uma mancha”, alerta Josi Helena.

Máscara de café: os riscos que ninguém te conta

3 benefícios da cafeína para a pele do rosto e do corpo

- Por Letícia Leite