Guia do Batom

O batom é o responsável por dar um up na produção e, além de destacar os lábios, deixa a região hidratada, macia e ainda protege contra o envelhecimento.

O batom é um dos cosméticos mais antigos do mundo. Há relatos de que ele era usado desde 3.500 a.C. pela rainha egípcia Nefertiti, com o intuito de deixar os lábios mais corados e, desde então, marcou presença em diferentes épocas da História.

Elaborados com uma mistura de óleos emolientes, ceras e pigmentos, cada acabamento de batom – do cremoso ao matte, do líquido ao formato de bala – possui uma concentração diferente de ingredientes.

A seguir, explicamos a diferença entre eles e, de quebra, ainda damos algumas dicas de como deixar a maquiagem da boca intacta por horas.

Tipos de batom

Os primeiros batons foram criados com pigmentos naturais de plantas e ceras para deslizar com mais facilidade sobre os lábios e mantê-los hidratados. Com o passar do tempo, novas tendências surgiram e as fórmulas precisaram acompanhar as mudanças.

Batom cremoso: com mais óleos do que ceras em sua concentração, eles deslizam com suavidade pelos lábios e conservam a pele da região sempre úmida.

Batom cintilante: eles ganharam fama nos anos 1990 e contam com partículas peroladas e metálicas em uma base cremosa, que deixam a cor dos lábios mais luminosa.

Batom líquido: com a textura parecida com a do gloss, mas com o diferencial de não ser grudento, as versões líquidas dos batons contêm mais pigmentos em uma base fluída e de fácil aplicação.

Batom matte: com mais pigmentos do que óleos, os batons opacos, como o próprio nome já diz, não tem o brilho fresco dos cremosos; a cor deles dura mais e deixa os lábios um pouco menos hidratados.

Batom metálico: a tendência da vez, os batons metálicos, contêm uma maior concentração de pigmentos e partículas metalizadas, que deixam a maquiagem bastante sofisticada e com ares modernos.

DICA PROFISSIONAL DA BELEZA: caso você não queira retocar a maquiagem com tanta frequência, invista nas versões matte, que duram mais nos lábios do que as cremosas.

 

Como fazer o batom durar mais

O segredo para uma maquiagem duradoura nos lábios começa antes mesmo de tirar o batom do nécessaire:

1 – Tome água. Além de ser ótimo para a saúde em si, o hábito mantém a pele em geral hidratada.

2 – Aplique hidratante labial com frequência. Eles preservam a textura macia e uniforme, além de evitar a evaporação da umidade que causa o ressecamento.

3 – Esfolie os lábios, no máximo, uma vez por semana. Remover as células mortas e soltas deixa o acabamento do batom mais bonito, principalmente, os matte, e conserva a cor por mais tempo.

Como passar batom nos lábios

1 – Aplique o hidratante labial alguns minutos antes de fazer a make da boca. Quando chegar a hora, retire o excesso com um lenço de papel antes de passar o batom ou fazer o contorno.

2 – Contorne os lábios com um lápis de cor parecida com a do batom escolhido. Em seguida, preencha o centro dos lábios completamente.

3 – Aplique o batom diretamente sobre os lábios a partir do contorno da boca ou use um pincel próprio para deixar o efeito mais definido.

4 – Após aplicar a primeira camada de batom, remova o excesso com um lenço de papel e aplique uma camada de pó compacto sobre os lábios. Reaplique novamente o batom por cima.

DICA PROFISSIONAL DA BELEZA: batons com textura cremosa costumam escorrer com mais facilidade pelos vincos da pele. Para evitar que isso aconteça, invista no contorno labial com um lápis da cor escolhida.

Agora que você aprendeu os segredos para deixar a maquiagem da boca perfeita por horas, que tal transformar a maquiagem ao longo do dia? Confira o Guia de Gloss e Brilho Labial e deixe o visual dos lábios molhado.

- Por Monique Abrantes