Como evitar pele manchada por protetor solar

Chega de pele manchada e ardendo no verão. Com as dicas do dermatologista Amilton Macedo, o bronze está garantido!

Todo verão é a mesma coisa: você fica vermelha e ardendo ou manchada. Se identificou com a situação? Pois, saiba que isso é sinal de má aplicação do protetor solar, o que é preocupante para a sua pele, já que as queimaduras causadas pelo sol podem trazer danos seríssimos a longo prazo.

Para ajudá-la a se proteger e curtir o verão sem dramas (e vermelhidão), o dermatologista e expert Amilton Macedo, revelou passo a passo como aplicar o protetor solar e evitar manchas e queimaduras. Confira!

Proteção ideal

Na hora de escolher o protetor solar, você deve ficar atenta a alguns detalhes. O primeiro passo é observar o fator de proteção solar. “Ele deve começar a partir do FPS 30. Para peles morenas e negras, opte por um FPS de 30 a 50. Já para as peles brancas, o protetor deve começar a partir de 50”, explica o dermatologista.

Além do FPS, preste atenção se o protetor é resistente a água, pois isso é primordial para estar protegida no verão.

Quando aplicar?

Nada de aplicar o protetor solar só quando estiver na praia, hein! O correto é fazer isso bem antes. “O ideal é aplicar após tomar o banho, antes de colocar o biquíni. O protetor tem a parte física e a parte química, e essa parte química demora em torno de 20 a 25 minutos para começar agir”, conta o expert. Ou seja, se for passar o dia na praia, o protetor solar tem de ser a primeira coisa que deve aplicar.

Quantidade certa

Para o rosto, o ideal é utilizar uma quantidade em torno de uma colher de sopa, já para o corpo, uma quantidade que permita a espalhabilidade do protetor. “Você faz o que chamamos de azeitonas na mão e vai passando essa quantidade em cada parte do corpo, por exemplo, uma aplicação no antebraço, outra no braço, etc.”, explica Amilton.

Algumas áreas contam com maior risco de queimadura, portanto, precisam de uma dose extra de proteção. São elas: a ponta do nariz, o lóbulo da orelha, o dorso e o peito do pé.

Evite manchas

É muito comum as pessoas mancharem algumas partes do corpo por descuido. As mulheres, por exemplo, quando aplicam o protetor no peito, não lembram de passar entre os seios, já os homens, aplicam superficialmente. O segredo está em espalhar, seja o seu protetor em creme, gel ou spray. Em partes do corpo em que não é possível alcançar sozinha, como as costas, peça ajuda, mas jamais aplique o protetor de qualquer jeito.

Vale lembrar que é preciso reaplicar o protetor a cada duas horas no corpo seco. “É comum as pessoas saírem do mar molhadas e aplicarem o protetor. Aquela água escorre e o protetor acaba não sendo absorvido como deveria. O ideal é se enxugar, tirar o excesso de água, e aí sim aplicar o protetor”, explica o dermatologista.

Outro fator que você deve ficar atenta é ao guarda sol. Ele deve ser de lona, com tecido com FPS, pois assim você evita que o sol que bate na areia queime a sua pele.

 

- Por Aline Marchiori