Ativos ideais para cada grau de celulite

Celulite - ativos ideais para cada grau - A celulite é bicho-papão do verão. Ela acaba com seu desfile à beira-mar, faz você comprar mais cangas e menos biquínis. Identifique seu grau e saiba como acabar com a danada já!


imagem 1

Ela é um acúmulo de linfa (um líquido claro rico em toxinas, transportado pelos vasos linfáticos e filtrado nos linfonodos).

“Quanto mais linfa, maior será o grau da celulite – e ela pode aparecer em qualquer pessoa, gordinha ou não”, explica Dr. Abdo Salomão, dermatologista mineiro.


imagem 2

Para ajudar a prevenir, o Dr. Abdo conta o que é preciso evitar: “Cerveja deve ser pelo menos limitada, pois retém liquido e, além disso, a dá mais vontade de comer, o que aumenta a quantidade de gordura no corpo; sal, que é pior do que o açúcar para celulite.

Prefira uma dieta com pouco desse tempero e fuja de comidas gordurosas, frituras, massas e sanduíches”.

Os cuidados devem ser contínuos e envolvem alimentação, exercícios físicos, cremes, tratamentos em consultório … O grau I é muito difícil de ser diagnosticado em casa, apesar de já merecer atenção.


imagem 3

“Não existem ‘furinhos visíveis’ na pele e nem dores ou sensação de desconforto causadas pela celulite”, explica Dr. Abdo. Nesse caso, é indicado praticar exercícios, adotar uma reeducação alimentar, tomar bastante água.

E usar hidratantes como o Efaderma, que contém Cafeisilane C (ativo à base de cafeína, que ajudará na quebra da gordura e também auxiliará na reestruturação do tecido conjuntivo), Hydroxyprolisilane CN + Arct Alg e GPS Trealose… todos são ativos anticelulite.


imagem 4

Nesse grau, já é possível sentir um desconforto onde há celulite. A pele fica com aspecto pastoso, há diminuição da elasticidade, além de alterações anatômicas observadas por exames microscópicos.

Massagens no local com ativos que estimulam a microcirculação, como o X- Solve e o Liporeductyl, ajudam.

Para potencializar a ação, um ativo de uso interno, como a Cacti-Nea, que tem ação diurética diminui a quantidade de líquidos entre as células e, assim, diminui o inchaço.


imagem 5

Ocorre o famoso efeito da pele ‘casca de laranja’ que as mulheres tanto temem, juntamente com todos os sinais do grau 2”, conta Abdo.

Mais que massagens, é preciso usar ativos descongestionantes, como o Remoduline e o Phyto-Decongestive.

“Além da Cacti-Nea, é extremamente importante utilizar um agente que quebra gordura, como o Morosil. Nessa fase, o Powershape possui ação máxima, melhorando a circulação, tonificando a pele e drenando toxinas”, diz.


imagem 6

“Aqui a circulação já está quase totalmente comprometida”, fala Abdo.

Para potencializar os procedimentos realizados em consultórios, pode ser utilizado o Algea Esthe Powder (AEP), que possui uma tripla ação no combate à celulite: ativa a microcirculação e melhora o tecido da pele.

“Nessa fase, além dos recursos convencionais do Powershape, também podemos usar o ultrassom cavitacional, que reduz a densidade da gordura e descomprime os vasos mais acometidos, melhorando muito o aspecto externo”, finaliza.