A síndrome da impostora, a sociedade e como elas afetam o seu bem-estar

Em um talk promovido por Lancôme, mulheres incríveis compartilharam suas histórias e comentam possíveis caminhos para lidar com a síndrome da impostora

Quando foi a última vez que você se sentiu uma farsa e não merecedora das suas conquistas? De acordo com o International Journal of Behavioral Science, 70% das mulheres já se sentiram assim pelo menos uma vez na vida, o que é chamado de fenômeno ou síndrome da impostora.

No mês da mulher, a marca Lancôme promoveu um talk com nomes incríveis, como Rafa Brites, Marcela Ceribelli, Shenia Karlsson, Bianca Marques e Gabriela Loran, para a troca de conhecimentos e experiências que podem ser aliados para superar essa condição.

O grande recado que Lancôme trouxe nessa roda de conversa também é traduzido pela essência de seu perfume Idôle, que representa mulheres que são verdadeiras ídolas da vida real. Apesar de não imaginar, você pode ser a inspiração de uma amiga, de uma colega de trabalho, e vice-versa! A seguir, confira tudo o que rolou no evento:

Idôle L'Intense Lancôme Eau de Parfum - Perfume Feminino 50ml

Idôle L'Intense Lancôme Eau de Parfum - Perfume Feminino 50ml

Perfume Importado feminino chipre floral. Uma fragrância de versão ainda mais ousada e forte.

R$ 729,00R$ 587,00

10x R$ 58,70

Compre

O que é a síndrome da impostora?

A síndrome da impostora afeta principalmente as mulheres e, basicamente, é caracterizada por pensamentos que reforçam a perda de confiança e impedem que elas se reconheçam como dignas de admiração.

De acordo com a psicanalista e escritora Shenia Karlsson, esse fenômeno é uma consequência do meio social em que vivemos, que surge da dúvida, da culpa e do medo do fracasso.

“Esse meio social criou uma ideia de feminino que é muito perversa. A gente tem uma vivência que é de muitas interdições, de muitas impossibilidades. A síndrome da impostora é uma crise do eu, uma crise da atualidade que faz um pacto de como somos forjadas socialmente como mulheres”, diz.

Como lidar com a síndrome da impostora

Quando falamos em como lidar com essa síndrome, é comum pensar que somente o acompanhamento psicológico e a psicanálise podem ajudar, mas como mencionado por Shenia, esses questionamentos que fazem tantas mulheres duvidarem de si mesmas estão enraizados em outras questões, como o próprio mercado de trabalho.

Segundo Marcela Ceribelli, CEO e diretora criativa da Obvious, as escritoras norte-americanas Jodi-Ann Burey e Ruchika Tulshyan, criadoras do artigo “Parem de falar que as mulheres têm síndrome da impostora” publicado na Harvard Business Review, afirmam que “as mulheres não têm que tratar em terapia se elas se sentem uma farsa, e sim o mercado que precisa entender o porquê ele faz com que as mulheres se sintam uma farsa. Porque, você sente que pertence quando vê semelhantes, então essas autoras defendem que não é que as mulheres estão em uma crise de autoconfiança, elas dizem que é porque o mercado é machista, racista, transfóbico e por aí vai”.

Mas, e o que nós podemos fazer para tratar essas questões internas? A atriz Gabriela Loran revela que tem os seus momentos de autocuidado como aliados.

“A skincare para mim sempre foi muito importante, me cuidar sempre foi muito importante. Eu tiro esses momentos para reafirmar o que eu realmente quero, os meus sonhos, e tirar essa vozinha ruim que fica na nossa mente. No seu momento de skincare, bote os seus sonhos na mesa, fale os seus sonhos, mentaliza e se cuida ao mesmo tempo, você vai associar duas coisas boas que só vão te gerar pensamentos positivos”, comenta.

Juntas somos Ídolas

Bianca Marques, head de comunicação da marca, diz que “o propósito de Lancôme é gerar felicidade através da beleza, e a linha Idôle foi criada com essa missão de empoderar as mulheres, de fazer com que elas sejam protagonistas das próprias histórias”.

Curiosa para saber o que tem de tão especial nesse perfume? Quem revela é Ricardo Assi, expert de fragrâncias de L’Oreal.

“Ele tem um dos frascos mais finos do mundo, ousado. E o seu olfativo traduz essa mulher que é uma verdadeira ativista, que transforma tudo ao seu redor, principalmente por se tratar de uma fragrância com dualidades incríveis. Primeiro, trazendo a rosa, que é a rainha da perfumaria, representando essa sensibilidade feminina, e contrastando com tudo isso ela tem um aspecto mais gourmand, mais quente, que no caso de Idôle traz a pipoca caramelada. O resultado? Um neo gourmand explosivo, transformador, muito jovem e conectado”, comenta.

Idôle Nectar Lancôme Eau de Parfum - Perfume Feminino 50ml

Idôle Nectar Lancôme Eau de Parfum - Perfume Feminino 50ml

Perfume Importado feminino chipre floral. Sua fragrância é um convite para ir ainda mais longe e mover o mundo.

R$ 529,00R$ 474,00

9x R$ 52,67

Compre
- Por Letícia Leite