Unhas quebradiças: o que fazer?

Se você está com as unhas quebradiças, saiba que é possível virar esse jogo. A dermatologista e expert, Ligia Kogos, revela como!

As unhas quebradiças são comuns no dia a dia da maioria das pessoas. Isso, porque, o estresse, má alimentação, problemas de saúde, entre outros, podem se refletir nelas.  A boa notícia é que tem tratamento e é possível reverter o quadro conquistando unhas saudáveis, que são aquelas rosadas e com bordas lisas, superfícies regulares e sem desfolhamentos, que é quando a unha parece ter duas camadas.

Quer saber como cuidar das unhas quebradiças? A dermatologista e expert, Ligia Kogos, revela a seguir.

Principais causas

Alterações na saúde em geral podem afetar e deixar as unhas quebradiças. “Problemas hormonais, endócrinos, distúrbios de tireoide, doenças infecciosas, entre outras, podem resultar em unhas frágeis, finas e que quebram com facilidade”, conta Ligia.

A expert revela que as unhas refletem tanto a saúde que em uma cirurgia, por exemplo, os anestesistas pedem para que não tenha esmalte, pois é através delas que se pode observar a oxigenação do corpo.

Alguns outros fatores também podem afetar na saúde das unhas, como envelhecimento, agressões diárias, excesso de higiene e até agressões nas cutículas.

Vire o jogo!

“Dermatologistas costumam prescrever suplementos vitamínicos com aminoácidos, ferro, zinco e colágeno, além de cosméticos locais, que ajudam a deixar as unhas mais fortes, mas tudo varia de acordo com o caso”, conta Ligia.

A expert revela que para cuidar das unhas quebradiças, é necessário apostar em hidratantes de mãos, unhas e cutículas. Além disso, deixá-las livres de esmalte, pelo menos, uma noite por semana, para que elas fiquem mais fortes. O uso de bases fortalecedoras com formol também ajuda, com exceção das pessoas que têm alergia ao produto. “Ativos como ureia, silicones, vitamina E, ceramidas, ácido lático e glicólico, lanolina, são úteis demais no tratamento”, indica.

Cuidados essenciais

Além do tratamento, Ligia indica um detox de esmalte. “Deixe as unhas uma semana inteira sem esmalte, só com hidratante bem cremoso, de preferência, que contenha ureia, silicones e óleos naturais. Depois, volte a esmaltá-las e use base fortalecedora, reservando sempre uma noite para hidratar as unhas”, conta. Ligia indica óleos como de amêndoas, uva, coco e avelã, para essa lubrificação semanal das unhas.

Além disso, tenha sempre um kit com lixa, removedor e esmalte com uma cor bonita por perto, assim você tem um estímulo para cuidar sempre.

“Resumindo: a dica certeira para ter unhas fortes e bonitas é não roer, não morder, lixar, hidratar, esmaltar e se alimentar bem”, conta.

- Por Aline Marchiori