- Por Karina Hollo

Unhas fortes em dois passos

A culpa das unhas estarem mais frágeis pode ser do troca-troca de esmaltes. Não se preocupe, temos a solução para você.

Apesar de unhas lascadas não indicarem nenhuma doença séria, talvez haja algo errado no seu jeito de fazer as unhas. “Lixar demais a superfície delas, por exemplo, vai deixando as unhas fracas”, avisa a expert nail artist Solange Peixoto.

Além disso, quando for polir, faça em uma única direção e pare antes de sentir a superfície aquecida. É importante também tirar o esmalte com removedor sem acetona um ou dois dias antes da nova manicure.

Esfoliação nelas

“A esfoliação das unhas melhora sua aparência porque remove resíduos de esmaltes, colas de postiças… A esfoliação caseira normalmente é feita com cremes específicos para unhas misturados com açúcar branco ou mascavo. A industrializada é à base de cremes com esferas ou grânulos esfoliantes”, explica Solange.

E as duas servem para eliminar células mortas e deixar suas unhas como novas. “O procedimento pode ser feito uma vez por semana”, fala Solange. Concentre-se na base das unhas apenas e seja bem gentil. A capacidade de recuperação das suas garras é bem menor que a da pele, ok?

Hidrate, hidrate, hidrate

Um dos maiores problemas das unhas que recebem esmalte em cima de esmalte, com pouco intervalo entre as manicures é a desidratação. Ela deixa as unhas fracas!

Não é à toa que lá fora a mania são as máscaras para unhas. Mas como elas ainda não chegaram por aqui, abuse dos hidratantes específicos, duas ou três vezes por dia.