- Por Gui Takahashi

Tendência de coloração Gisele Bündchen

A modelo mais bem sucedida do mundo tem o cabelo mais quente também. Ela lançou a última moda em cor, no ondulado que todo mundo quer. Saiba como roubar o look!

Top, top, top!

A musa do mundo da moda, Gisele Bündchen, que arranca suspiros e flashes a cada passo, fez sua despedida das passarelas nessa última edição do São Paulo Fashion Week. A über model completa 20 anos de carreira em 2015 e elegeu a Colcci para o grand finale. Copiada e idolatrada pelo mundo todo, a gaúcha tem fios invejáveis. Por isso, é a maior trend setter do tortoiseshell hair – Oi? Calma, o nome é estranho, mas vamos explicar.

Multitom

A tendência faz o cabelo levar reflexos em diversas tonalidades. “Tortoiseshell”, em inglês quer dizer “carapaça de tartaruga”, e faz referência às diversas cores, tom sobre tom, que o casco tem. Segundo Celso Kamura, cabeleireiro tão top quanto Gisele, o ideal é não misturar demais. “Para ficar bonito e mais natural, indico mesclar até três tons. Eles devem ser de nuances variadas, mas não contrastantes”, diz.

Doce ilusão

Kamura diz que a grande vantagem do tortoiseshell hair é o efeito ótico tridimensional que causa: “Com essa tendência é possível até dar a impressão de mais volume. Se você tem fios mais escuros nas camadas de baixo, dá profundidade ao cabelo, por exemplo. Isso sem falar no movimento …”.

Pronta pro café da manhã com a Ana e com o Louro! #MaisVocê 😄😉😘🍓🍉🍇🍋 Ready to go!!

A post shared by Gisele Bündchen (@gisele) on

Ton sur ton

A recomendação profissional para as morenas seria mesclar mechas castanhas com tons de marrom claro e loiro. Já para loiras como Angélica, o hair stylist indica misturar fios mais claros com tonalidades caramelo e marrom claro matte. “Eu prefiro as variações que ficam mais naturais, não gosto de colocar cores que não têm nada a ver como preto com ruivo”, diz. Além da escolha perfeita dos tons a serem combinados, Celso fala que outro segredo é alterná-los nas mechas.

Let's go! #worldcup 💚💛💚💛Vamos lá! #copadomundo

A post shared by Gisele Bündchen (@gisele) on

2x tendência

Agora, em tempos em que o long bob tem feito mais e mais adeptas a cada dia, desbancando o mito da brasileira de cabelão, o cabeleireiro conta que o tortoiseshell hair não é só para quem tem fios longos. “Ele fica muito bem em médios, sim. O corte mais indicado seria o em camadas e repicado, já que eles acentuam a mescla de nuances”.

Bastidores @vivaraonline ✨ @vivaraonline backstage.

A post shared by Gisele Bündchen (@gisele) on

Free zone

Na hora de finalizar o penteado, não existem muitas regras. É possível usar tanto liso quanto ondulado. O primeiro, deixa as mechas coloridas mais visíveis, enquanto o segundo enfatiza o brilho que as nuances diferentes dão ao cabelo.

Behind the scenes Vivara. 📷 Bastidores da @vivaraonline.

A post shared by Gisele Bündchen (@gisele) on

Dever de casa

Kamura alerta para os cuidados depois da coloração: “Minha recomendação é usar uma linha reconstrutora por uma semana logo após colorir os fios. Isso vai garantir a reposição de todos os nutrientes perdidos pelo cabelo. Passados sete dias, use produtos para cabelos coloridos”. Ah, e vale lembrar que a máscara deverá ser aplicada semanalmente.