Pele ressecada: como cuidar dela?

Se você tem pele ressecada e vem sofrendo com os efeitos nesse momento, chega mais, a dermatologista Apolônia Sales te ajuda a cuidar dela!

A pele ressecada é um problema de grande parte das Loucas Por Beleza. É aquela mais áspera, que fica com ruguinhas, parecendo até rachaduras, o que, muitas vezes, pode chegar a doer. Mas saiba que é possível cuidar dela e evitar o ressecamento extremo.

A dermatologista e expert, Apolônia Sales, revelou quais os principais cuidados as donas de pele ressecada devem ter no dia a dia. Confira!

Causas do ressecamento

Alguns fatores podem piorar a pele ressecada, como ambientes secos, com ar condicionado e baixa ingestão de água. “O uso de produtos, como sabonete, álcool, detergentes, ou até o cloro, quando frequentamos piscinas, também podem deixar a pele ressecada”, explica Apolônia.

Tome cuidado também com a água muito quente no banho, pois ela retira a gordura natural da pele. Além de medicações, como diuréticos, que facilitam o ressecamento.

E o álcool em gel?

Ele também pode ressecar a pele, mas isso não deve ser motivo para deixar de utilizá-lo, ok? “O álcool retira a gordura natural da pele, assim como as luvas, que apresentam pó por dentro e ressecam a pele ainda mais. A boa notícia é que já existe álcool com hidratante, que cuida da pele, enquanto elimina os micro-organismos”, explica Apolônia.

A dica é antes e depois de usar álcool e luvas, aplicar um hidratante para criar uma barreira de proteção.

Cuidados essenciais

Como a pele ressecada tem mais tendência a ter rachaduras ao sofrer atritos, é preciso tomar muito cuidado, pois essas rachaduras, além de causarem dor podem levar infecções para o local. “Evite sempre a retirada da gordura natural da pele, não usando água quente, e produtos, como sabonete sem hidratante, contato com cloro ou álcool em excesso”, explica Apolônia.

Aposte no uso de hidratantes potentes para criar uma barreira protetora na pele, além de beber muita água.

- Por Aline Marchiori