Pele oleosa no verão

Aprenda a controlar a oleosidade extra que aparece no calor

Pele oleosa incomoda. E a situação se agrava no verão, quando as glândulas sebáceas, com o calor, produzem ainda mais óleo. Mas existem alguns cuidados que podem ajudar você a controlar o brilho excessivo e a sensação de rosto grudando. Caprichar na limpeza é básico. E usar ativos poderosos também. Quer ver?

Limpeza profunda + tonificação

“Em geral, limpar a pele duas vezes ao dia, com sabonetes específicos para pele oleosa, é suficiente”, fala a dermatologista Carla Vidal. “Em seguida, é indicado utilizar um adstringente para completar a limpeza da pele, desobstruindo os poros e evitando formação de cravos”, explica.

Vitamina C e protetor solar, sempre

Antioxidante contra radicais livres que provocam o envelhecimento, a vitamina C também tem efeito clareador e pode ser usada inclusive durante o dia, também com proteção solar. “Ele deve ser reaplicado a cada 2 horas durante a exposição solar, transpiração excessiva e após sair da água”, diz Carla.

Ácidos com cautela

O ácido salicílico é um ativo que promove renovação celular, tem ação anti-inflamatória e diminui a oleosidade, então, pode ser usado no verão. “Desde que seja em concentrações baixas e sempre com protetor solar”, pontua a dermatologista. Já os ácidos retinoicos devem ser evitados.

Hidratação leve

As células da pele também sofrem mais agressão devido à maior exposição solar e ao calor. Por isso, a hidratação se faz ainda mais importante. “Pode ser usada água termal para reduzir a agressão cutânea contra o calor e hidratantes de secagem rápida, com ativos calmantes”, finaliza ela.

 

 

- Por Karina Hollo