- Por Evelyn Moreto

Pele na menopausa: dicas para envelhecer bem

Quando a idade chega, nossos cuidados com a pele também devem mudar

A primeira ruga a gente nunca esquece. Mas, quando a idade de fato chega, acontece um turbilhão de mudanças hormonais e a pele é a primeira a sentir. Para amenizar os efeitos da menopausa e envelhecer bem, confira as dicas da dermatologista Taiz Pepe.

Arsenal de hidratação

As alterações hormonais ao longo dos anos mudam a pele e fazem com que ela fique mais ressecada. “A menopausa pede cremes mais nutritivos e hidratantes, por isso vale investir em fórmulas com mais peptídeos e fatores de crescimento que enriqueçam a pele ressecada”, indica Taiz. No consultório, vale investir em lasers e bioestimuladores de colágeno.

Rotina intensa

Se você tem 20 anos de idade e está lendo essa matéria, comece desde já a cuidar da sua pele em casa. “Você pode cuidar da pele no consultório, mas se não der continuidade em casa, o resultado não se sustenta”. Segundo Taiz Pepe, a rotina básica de todos os que passam por seu consultório vai desde demaquilar até usar séruns para necessidades específicas.

Parada obrigatória

Sim, você deve, religiosamente, demaquilar a pele, esfoliar no banho para tirar cravos e impurezas, limpar com uma espuma de acordo com o tipo de pele, tonificar, hidratar com água termal antes dos cremes de tratamento, usar um creme para a área dos olhos, seja para clarear ou hidratar, vitamina C e, de dia, filtro solar. “À noite, siga a mesma rotina e adicione os séruns de tratamento, ácidos e clareadores”.

De dentro para fora

Além de todos os cuidados de skincare, Taiz pontua que a hidratação e a alimentação também interferem, e muito, na idade da pele. “A alimentação deve ser adequada durante a vida toda, com alimentos ricos em antioxidantes para construir uma pele melhor ao longo dos anos”. Beber 3 litros de água e evitar a exposição solar também são bons hábitos, ok?