- Por Karina Hollo

Conheça o perfumista Isaac Sinclair

Conheça o perfumista Isaac Sinclair: ele não deixa um aroma passar despercebido! Descubra a rotina desse neozelandês que ama o Brasil.

Infância frutada

Isaac passou a infância, na Nova Zelândia, numa casa rodeada de árvores frutíferas. Sem perceber, os cheiros começavam a fazer parte da sua vida… Surfista, por muitos anos velejou com o pai. E a vontade de descobrir novos aromas deu início à sua carreira – numa viagem mundo afora.

 Pelo mundo

Seu primeiro emprego foi em uma loja de departamentos em Auckland, como vendedor de fragrâncias.

Estudou na Universidade Dell’Immagine de Milão e, depois de se formar, Isaac trabalhou na França como braço direito de um dos grandes mestres da perfumaria, Maurice Roucel.

Já na casa Symrise, fez um estágio de seis meses no Brasil e se apaixonou! De lá para cá, seis anos e muitas fragrâncias se passaram.

Perfume musical

Isaac estudou música clássica, dança e canto. No Brasil, se apaixonou pelo pandeiro, e ainda toca violão e bateria. Hoje, cria fragrâncias como um dos perfumistas do time Symrise da América Latina, no Centro Criativo de São Paulo. Como define seu estilo?

“Complexidade na simplicidade das criações. Gosto de Bauhaus, de um estilo mais zen para trabalhar. Para mim, less is more!”

Ginga verde e amarela

O Brasil influenciou muito o estilo perfumado de Isaac. E não pense que ele perde um aroma! “Acho que todo perfumista está sempre atento a tudo, todos os cheiros, naturalmente. A curiosidade é constante. Nada passa despercebido.” Do que a brasileira gosta?

De uma saída cítrica, com um recheio de frutas, bem natural, mais aditivo, e um fundo quente, de madeiras ou baunilha.

 Manhãs produtivas

“Pela manhã, meu foco é trabalhar em novas criações, que é quando o nariz está mais fresco.”

Isaac recebe uma espécie de briefing olfativo, uma espécie de inspiração para a criação da nova fragrância, indicando caminhos: mais amadeirado, Frutal, floral, cítrico.

Então, começa a fazer ensaios. Para cada perfume, podem ser mais de 50! O processo até chegar à fragrância lapidada leva de 15 dias a um ano em meio.

Sinta estas tendências

O que você deve ver no mundo dos perfumes, em 2016, segundo o perfumista.

Perfume de uma nota só “Fragrâncias mononotas (de uma nota só) estão de volta com toda a força.”

Clássico renovado “Marcas clássicas trazem versões jovens, com nuances florais e notas gourmand.”

Personalidade forte “Fragrâncias de personalidade são tendência. O consumidor quer se destacar!”