Como tratar os cravos

Muito se fala de como cuidar da acne, mas você sabe como tratar cravos? A dermatologista Taiz Campbell responde as principais dúvidas sobre o tema!

 

A maneira certa de como tratar os cravos é um dilema na vida de muitas pessoas. Mas, antes que falemos sobre o tema é preciso que entenda o que eles são. “Cravos são um tipo de acne. Tratam-se de poros obstruídos parecidos com pequenas partículas de sujeira, compostas por uma mistura de sebo e células que escurecem em contato com o ar”, explica a dermatologista Taiz Campbell.

A boa notícia é que sim, é possível prevenir e tratar os cravos. Quer saber como? Siga em frente e confira!

Principais causas

Os cravos também são conhecidos como comedões, um tipo de acne provocada pelo excesso de óleo na pele. “Eles são mais comuns na zona T do rosto – testa, nariz e queixo –, onde a oleosidade é maior, além das regiões do corpo com alta produção de sebo, como colo e costas”, revela.

Há vários fatores que podem causar os cravos, mas o mais comum é o excesso de oleosidade. Pessoas de peles mistas e oleosas devem ter cuidado redobrado. Além disso, hábitos como não lavar o rosto a noite, não remover a maquiagem e cosméticos antes de dormir, também pode aumentar a oleosidade e causar os cravos.

Tratamento correto

Taiz revela que os comedões podem ser tratados com cuidados diários. “Deve ser feito o uso de produtos tópicos de acordo com a indicação do seu médico”, conta. Dentro desses cosméticos estão sabonetes, filtros solares sebo-reguladores, dermocosméticos com ácido salicílico e ácido glicólico.

Outra opção para tratar os cravos é fazer uma limpeza de pele profunda com um profissional para remover todas as impurezas acumuladas no rosto.

Não cutuque!

Aguente firme a vontade de cutucar os cravos, pois pode piorar o quadro e deixar cicatrizes. “Ao cutucar, a lesão pode entrar em contato com germes e bactérias presentes nos dedos e, dessa forma, provocar uma infecção que transformará o cravo em espinha, cisto ou nódulo”, alerta.

Prevenir é a melhor solução

A prevenção dos cravos é mais simples do que se imagina, basta manter uma rotina correta de cuidados com a pele. “Limpe o rosto de duas a três vezes ao dia com um gel de limpeza específico para o seu tipo de pele, aplique um hidratante que não obstrua os poros e escolha um protetor solar não comedogênico para que a pele respire. Limpezas de pele mensais também são ótimas aliadas”, indica a expert.

Taiz completa dizendo que os cosméticos mais indicados para quem tem tendência aos cravos são os não comedogênicos, pois possuem textura leve e ingredientes menos oleosos, evitando o entupimento dos poros.

Vale lembrar que antes de incluir qualquer produto na rotina é importante consultar o seu dermatologista.

- Por Aline Marchiori