- Por Gui Takahashi

Como ficar loira

Você sempre desconfiou que a natureza não acertou a cor do seu cabelo? Ajudamos a conquistar o sonho dourado.

Blonde Power

Mariana Saad não sabia que tinha a alma loira até descolorir os fios, há 9 meses. Apesar de ter amado a nova cor, ela demorou um pouco para se acostumar: “Levei uns dois meses até não me assustar quando levantava no meio da noite e me via no espelho”. E nem adianta perguntar se a blogger, com 850 mil seguidores no Instagram, voltaria a ser morena. “Se eu pudesse fazer o pedido mágico de ficar loira para sempre…”

Se você também quer sentir o poder de ser loira, assim como Mari (e muitas famosas), fique atenta às nossas dicas.

Loira de pele

Encontrar seu tom de loiro não é uma tarefa fácil. O hair stylist Ulisses SJ diz que sempre que vai sugerir clarear o cabelo pensa nas cores naturais da cliente (olhos, sobrancelhas, pele) para acertar o tom.

Mariana Saad, que tem a pele bem clara, aposta nas mechas loiras ultraclaras com alguns fios dourados. Para peles claras, ele recomenda o platinado, camomila, loiro manteiga ou mel. Peles médias ficam bem com loiros dourados, acobreados e amendoados. Peles escuras com dourados, acobreados e amendoados.

Loira cuidadosa

O processo de clarear os fios retira proteína e água dos fios (veja como recuperar fios loiros danificados). “Para manter os fios fortes é importante usar produtos reconstrutores (veja outros cuidados) e revezar com tratamentos nutritivos e hidratantes.

Se for usar secador, babyliss ou prancha, passe protetor térmico antes”, recomenda o expert. A cada 15 dias a blogger também usa shampoo desamarelador porque o sol tende a deixar seus fios acobreados. Outra dica de Mari Saad é aplicar máscara de tratamento no cabelo seco, prender em um rabo ou coque, e sair para malhar. Depois da academia, é só lavar o cabelo normalmente. Anotou?

Loira trendy

Fios claros não saem da moda, mas as técnicas mudam a cada estação. Veja o dicionário das tendências blonde.

Contour: os fios ao redor do rosto ficam iluminados. “Pode ser feito em qualquer cor de base de cabelo e os retoques são a cada três meses”, diz Ulisses.

Strobing: o objetivo é dar movimento e realçar o brilho, iluminando mechas estratégicas. “Os retoques são trimestrais e só na parte que cresceu”.

Marca flash: as mechas iluminam a parte externa do cabelo, perto das têmporas, das orelhas e topo da cabeça, para dar um ar de quem tomou sol. A técnica dura cerca de 4 meses.

Esfumado: não deixa qualquer marcação entre a raiz e pontas. A cor segue um degradê bem suave. Ulisses dá boa notícia: “Como transpiração dos tons é suave, dura 6 meses”.