- Por Karina Hollo

Cuidar da pele da adolescência aos 30 anos

Os cuidados com a pele são importantes e devem começar na adolescência

A pele da mulher está constantemente sujeita a alterações hormonais, o que torna imprescindível ter cuidados específicos para cada fase da vida.

Na adolescência, os hormônios começam a sua atividade e a acne começa a incomodar. Aos 20, hidratação é essencial, aos 30, não dá para viver sem antioxidantes. Anote seu calendário de skincare.

Na adolescência

“O maior problema na adolescência é a acne e a oleosidade, sobretudo pela grande descarga hormonal e alterações no corpo”, fala Thais. Por isso, iniciar uma boa rotina de cuidados nessa fase é fundamental.

Sabonetes neutros, loções tônicas seborreguladoras e hidratantes faciais de uso diário tornam-se indispensáveis. “Para as espinhas, é importante usar secativos com ácido salicílico ou peróxido de benzoíla”, diz a médica.

Aos 20 anos

Nesta fase, as alterações hormonais da adolescência já se estabilizaram e a pele está em boas condições de saúde. “No entanto, é nessa época que devemos reforçar os cuidados com hidratação e proteção da pele”, alerta Thais. Cremes com vitamina C, vitamina E e ácido hialurônico são indicados. E fotoprotetor é de uso diário!

Aos 30 anos

A partir dos 30, há uma redução natural na produção de óleo pelas glândulas sebáceas, além de uma queda nos antioxidantes do organismo. Tudo isso predispõe ao aparecimento das primeiras linhas de expressão, já que a produção do colágeno e da elastina também começam a diminuir.

Reforce a hidratação com ácido hialurônico e a fotoproteção, além do uso de produtos de vitamina C e outros antioxidantes. “À noite, o ácido retinoico ou retinol deve ser utilizado com a devida prescrição médica.”