- Por Gui Takahashi

Barba: como cuidar

O namorado está em dúvida se fica barbudo ou se raspa tudo? Descubra os cuidados básicos para ajudá-lo a tomar a decisão certa.

No fio da navalha

De uns três anos para cá, a barba voltou à moda. Além de deixar os gatinhos com cara de gatões, ela redefine o contorno do rosto e ajuda até a esconder imperfeições da pele. Sim, os boys de hoje são vaidosos e estão preocupados com aquela foto que postaram no Instagram.

Mesmo assim, tem quem prefira um rosto lisinho, sem atrito na hora do beijo. Se seu namorado estiver na dúvida, aqui vai uma lista de cuidados para barbudos e raspados, para colocar no fio da navalha.

Barbado e limpinho

Um dos primeiros cuidados que seu moço barbudo deve ter é lavar os fios todos os dias. Afinal, neles pode cair comida, molho de macarrão, espuma de cerveja, e por trás da barba também existe um rosto que sua, produz óleo e pode juntar bactérias.

“Como o rosto deve ser lavado diariamente, já é possível aproveitar e lavar os pelos com shampoo específico ou para cabelo”, diz a dermatologista Patricia Nakahodo. Depois de lavar, é a vez de usar um condicionador, balm, óleo ou leave-in. A função desses produtos é manter os fios sedosos e desembaraçados.

Barbado, hidratado e protegido

Pensando na pele por trás da barba, a pergunta que não quer calar é: também precisa tonificar, hidratar e passar protetor solar apesar dos pelos?

A resposta da dermato é: “A necessidade vai depender da densidade dos fios. Se a barba for mais rala e o rosto ficar exposto, é preciso hidratar e proteger.

Barbado sem encravar

Na hora de presentear o namorado com produtos para barba, perceba se ele sofre de pelos encravados.

Segundo Patricia, quem tem foliculite ou pseudofoliculite pode procurar ativos antissépticos, calmantes ou até antibióticos (indicados pelo médico) como: triclosan, alantoina, drieline, corticoides, clindamicia.

Raspado bem cuidado

Para os rapazes de rosto liso, é importante se atentar ao ritual de fazer a barba. Afinal, a lâmina pode agredir a pele se ele não tomar cuidado.

É bom sempre usar produtos específicos, como explica a dermato: “A espuma de barbear forma uma proteção mais densa entre a lâmina e a pele do que a espuma de um sabonete comum, por exemplo”.

Raspado com facilidade

Na hora de procurar um pré-barba, busque os que contêm óleos vegetais, pois ajudam a proteger a pele e deixar os pelos macios.

Outra dica da médica é: “Nas barbas mais espessas utilize 10 gotas de amoníaco diluído em 1 copo de água e passe na barba antes da lâmina. Esse ingrediente vai amolecer o pelo tornando o barbear mais fácil e prevenindo o encravamento dos fios”.

Raspado tonificado

Pensando que a rotina de cuidados diários com a pele pede limpeza, tonificação e hidratação, é comum que os homens tenham dúvida de em qual momento devem se barbear.

O ideal é que façam a barba depois de usarem o tônico, pois alguns podem ser adstringentes, com álcool, e causar ardor depois da lâmina.

Raspado e esfoliado

Já para evitar que os pelos encravem, é bom esfoliar a pele antes de raspar, pelo menos uma vez por semana. “Hoje existem esfoliantes com microesferas que contêm óleos hidratantes.

Se usados com cautela, não tem problema passar em dias alternados. Só é preciso evitar caso esteja fazendo tratamento com ácido ou se fez peeling recentemente”, diz Dra. Patricia.